“Together we’ll survive”

De vez em quando me bate uma saudade brutal de vir aqui escrever amenidades, de vir contar meus planos, escrever meu diário, dividir com vocês meu fim de semana, nossas, conquistas, etc.

Só que do jeito que a vida está, tem faltando tempo pra isso aqui, infelizmente… Às vezes, aliás, me sinto bem incompetente de não conseguir direito dar conta do blog “só porque agora tenho dois filhos”… tanta gente por aí tão cheio de filho e dando conta de tanto mais coisas do que eu, parece…rs

Mas a verdade é que essa coisa do “agora tenho dois filhos” mexeu comigo de uma maneira muito intensa. Me desestabilizou de um jeito que eu não esperava. E o trabalho de botar tudo de volta no (novo!)  lugar está sendo árduo e longo. Sigo nele, claro!

 

Já contei um pouco aqui das dificuldades dos últimos meses e outra hora venho contar mais… Porque pode não parecer por esse começo melodramático de post (rs), mas hoje o texto é pra falar de leveza e encontros!

Lucas acabou de passar duas semanas do outro lado do mundo, lá na China! Duas semanas em que morremos de saudades do papai e em que eu fiquei sozinha com as crias por aqui!

E, não vou mentir, eu estava bem assustada com essa perspectiva! Com medo do cansaço,  claro, mas mais do que tudo com medo da intensidade desses dias que seriam 24h intermináveis emendando em outras 24, depois outras 24, sem nenhum respiro, sem nenhuma mão extra… Tava com muito medo de pirar (mais ou de novo? rs), de perder o estoque de paciência logo nos primeiros dias e tudo virar de cara uma grande merda, enfim…

Mas agora que sobrevivi a esses 13 dias infinitos deu vontade de vir aqui contar que foi bem menos difícil do que eu tinha imaginado – tudo nessa vida é uma questão de perspectiva, né?! hehehe)

Foi cansativo pra caramba! Foi intenso demais!

Tivemos crises alérgicas com amigos precisando correr na farmácia pra mim as 11 da noite. Tivemos (ainda temos, no caso) bebê doente passando algumas noites praticamente em claro. Tivemos brigas e muito choro. Mas tivemos também amigos acolhedores – obrigada!! E tivemos uns momentos lindos de calmarias entre nós 4 (Maní incluída!). Uma coisa de eu de repente olhar em volta e perceber uma paz no ambiente, com cada filho “lendo” um livro num canto, ou brincando na sua – às vezes até juntos mesmo! ❤ E de muitas vezes encontrar a paz estando simplesmente junto deles três! ❤ ❤

 

IMG_0186

 

Nesses dias teve um Dante, diretamente do seu posto de rei da fofura, conquistando novos feitos, me mostrando como está crescendo, saindo de um hiper salto de desenvolvimento mais maduro, mais capaz e, como pode?!, mais fofo!! rs

IMG_0305

Teve uma Cecília sentindo muito a falta do pai, muito carente de colo de mãe. E que também deu um salto incrível nos últimos dias! Uma coisa linda de conseguir nomear sentimentos, de conseguir pedir colo ao invés de jogar qualquer coisa no chão (sim..teve muito disso tb..rs), de pedir seu lugar de “bebê da mamãe” enquanto estava também toda trabalhada em ser companheira, me ajudar muito, cuidar do irmão…tão crescida! Tão figura! Tão gostosa!

IMG_0231

 

No final do sábado, enquanto Lucas já estava no avião chegando por aqui, saí com os dois pra tomar um lanche e fiquei admirando o que tinham sido esses dias… Orgulhosa demais dos meus dois amores!

 

IMG_0375

 

E orgulhosa demais de mim, também! Porque um negócio que tenho cada vez mais claro é esse: quem dita o clima aqui de casa sou EU! Mesmo que um esteja doente e o outro impossível, ou um com sono e o outro com fogo no rabo, ou os dois chorões… quem dita o caminho para qual essas coisas vão caminhar, sou eu! Eu posso entrar no clima péssimo e deixar o caos se instaurar ou posso conseguir contornar a bagunça (nem que seja só a emocional às vezes) e terminar o dia com um pouco de paz! Óbvio que não tenho assim tanto controle de tudo o tempo todo – especialmente o controle de mim mesma, acho…hehehe – mas tenho estado mais consciente dos meus sentimentos e das minhas reações  e notado uma diferença enorme no rumo das coisas com os pequenos!
Espero conseguir trabalhar e evoluir mais nisso!!

E espero voltar mais nesse blog! Mesmo!

Aliás, tenho duas novidade enormes no forno… mas por enquanto vou deixar todo mundo curioso!!! ;P

Beijos e obrigada pela leitura sempre carinhosa e paciente!

“Só nos resta aprender”

Não sei se vocês viram, mas está rolando nas redes sociais a campanha “#SetembroAmarelo” pela Valorização da Vida, campanha de conscientização sobre o suicídio.

Um dos movimentos dessa campanha foi a seguinte “corrente” do facebook:

Comente um “💛” e eu te falo algo que acho bonito em você. 

#SetembroAmarelo
Eu não costumo entrar nessas brincadeiras de “corrente”, mas essa eu já achei fofa logo de cara!  Achei bonita a proposta de oferecer um elogio. Achei lindo e acolhedor isso de oferecer ao outro um olhar gentil sobre si!

Aí minha curiosidade falou mais alto e acabei comentando o 💛 lá no post de uma amiga.. e foi tão gostoso receber a resposta e acompanhar as outras respostas que ela tava dando…que fiquei com vontade de postar também!

Demorei ainda um dia pra postar porque fiquei com medo de não ter controle sobre quem viria comentar, medo de não conseguir responder pra todos…

E então percebi que ter que procurar algo bonito nos outros seria também um excelente exercício pra mim… abrir nosso olhar pra beleza é tão importante quanto desafiador, afinal!!
E, gente, que delícia que está sendo!!!

Ontem e hoje terminei meu dia respondendo os 💛 postados! Olhando pra cada pessoa que comentou e colocando em palavras o que admiro nelas! E como se o exercício em si já não fosse bom o bastante, ainda estou recebendo respostas cheias de carinho e gratidão!!
Isso está me fazendo um bem tão grande que vocês nem imaginam!!!

Tanto que me deu vontade de fazer mais disso!!!

Me deu vontade de fazer disso um projeto, mas ainda não sei bem como…

me lembrei do que o Pedrinho fazia no “A Olho Nu“, quando além de fotografar, fazia aqueles textos maravilhosos sobre as mulheres retratadas…

Pensei em algo do tipo: te mostro em imagem e em palavras o que vejo de bonito em você! O que vocês acham da ideia???  Aceito e preciso de opiniões e sugestões !!!rs E, quem sabe, parcerias!!

Ah!! E deixo, claro, o convite pra vocês também fazerem esse exercício por aí! 

“Não dá pra falar muito, não”

Essa noite sonhei que eu e o Lucas estávamos visitando aquela que seria nossa nova casa, recém construída, ainda vazia e cheirando a tinta. Era uma mansão enorme e incrível, com 8 pias no banheiro, pra cada um escolher qual quer usar em qual circunstância e, no quintal, uma espécie de parque de diversões com uns brinquedos muito malucos e divertidos! Mas o mais legal dessa casa era que quase toda a volta dela dava diretamente pro mar, como se ela fosse uma ilha. E de uma das varandas principais, esse mar dava pro Brasil! A gente chamava da janela e nossos amigos e familiares apareciam na praia do lado de lá pra dar um oi, ver a gracinha nova da Cecília ou até dar um mergulho e vir nadando nos visitar! Imagina que sonho?! ❤

Hoje faz 5 anos que nos mudamos do Brasil pela primeira vez. O que significa também que faz pouco mais de 1 ano que estamos morando aqui na Espanha.

Ao longo desses anos escrevi sempre sobre esse nosso aniversário, alguns post que eu gosto muito, aliás e  vocês podem ler aqui, aqui e aqui.
Mas já notaram que eu escrevi pouquíssimo sobre a vida na Espanha?

 A verdade é que eu, que me achava A ADAPTADA, expatriada de profissão (rs), não me adaptei completamente aqui.

Não consigo explicar racionalmente a saudade que sinto do Chile, porque não deve mesmo ser racional, afinal, aqui a qualidade de vida é melhor, é mais seguro, vivemos num bairro que parece de mentirinha de tão charmoso e todas aquelas vantagens famosas de se morar na Europa. Mas a verdade é que deixei um tantão do meu coração lá e esse tantão certamente faz falta pra que o aqui possa me conquistar de vez!

Como eu já disse, essa coisa de se saber tão longe ainda pega forte pra mim.

Sei lá, é psicológico mesmo..rs. Mas era muito mais fácil este longe do meu país e das minhas pessoas quando eles estavam mais perto e mais acessíveis.

Enfim, esse poço de emoções descontroladas que sou eu agora (hahaha) não tem um post emocionado sobre o aniversário de hoje. Acho que não me abri o suficiente pra aprender coisas com a vida na Espanha e vir aqui escrever sobre os aprendizados do último ano. 

O que sim fica claro pra mim é que não importa  quantos anos passem, cada um deles é contado, é sentido e é significativo quando se trata de mudança, de distância e de vida nova – adjetivo, aliás, que parece nunca perder o sentido e o frescor nas aventuras do lado de cá!

“Mando notícias nessa fita”

Eu podia começar dizendo que me inspirei na Romana e na Carol, mas a verdade é que meu “post cara de pau” está no rascunho desde o dia 10/12/15, então foi mais questão de identificação do que de inspiração mesmo!rs

Tinha dado vontade de voltar a escrever, sim, mas além disso existia um plano maligno de ressuscitar o blog antes de chegar aqui do nada contando a novidade da gravidez pra vocês…hehehe
Como o plano já falhou, vou direto ao rascunho salvo (e atualizado).

Ele dizia assim:

“Deu saudade.

Deu vontade de voltar.

Deu também um tiquin de precisância de escrever.

Não vou gastar nosso tempo desculpando ou justificando ausência, mas vou fazer um resuminho de como andam as coisas por aqui, que é pra dar uma disfarçada nesse buraco todo de textos, histórias e atualizações:

  • Cecília desmamou de vez pertinho de completar 1 ano e 10 meses. Na verdade, quem desmamou fui eu, que já não tava mais conseguido leveza nenhuma na amamentação… Foi beeeeem tranquilo e tranquilizador fazer isso (depois prometo que volto pra contar mais detalhes).Duro mesmo foi aguentar a culpa quando logo depois disso ela ficou doentinha e demorou mais de 1 mês pra se recuperar, sempre emendando uma doença na outra… Santo mamá que nos protegeu dessas chatices por tanto tempo, viu?! ❤
  • Maní está bem!!! Já está há uns 3 meses sem precisar voltar pro antibiótico e sem sintomas neurológicos!!! Sobrou só uma gastrite que ataca de vez em quando e requer tratamento de leve, mas nada assustador…e nada que a impeça de comer como nunca comeu nessa vida – tá até gordinha minha bichinha, acreditam?!?!?!!?!!
  • Decidimos colocar Cecília na escola!!! Também quero escrever um post específico sobre isso, mas queria contar que já escolhemos e fizemos matrícula – ela começa agora em fevereiro!! Ai que frio na barriga!!!  Ela vai pra uma escolinha montessori, bem pequenininha e fofa… No dia que fomos visitar ela nem queria ir embora e depois ficou pedindo pra voltar- torçam pra adaptação ser fácil assim! rs
  • Aliás, Chinchila tá uma senhora tagarela faladora de tudo!!! Que coisa mais deliciosa que é essa fase!!! Agora, depois de passar quase um mês inteiro no Brasil, cercada de estímulos, mimos e companhias os dias inteiros, então.. Ninguém segura a matraca!!!
  • Lucas começou em setembro a fazer MBA! Ele tá adorando e até eu tô curtindo tb (as histórias, as visitas à escola, a turma nova…) Mas ta se matando de estudar! rs Na verdade os primeiros meses foram mais puxados, agora já tem um Q de adaptação no ar e as coisas vão entrando num ritmo mais certo (ainda que não “tranquilo”…rs)
  • Depois de muuuuitos meses na Espanha (estamos quase completando aniversário já!!!), meus documentos finalmente saíram! Agora tenho identidade, carta de motorista, cartão de crédito…ufa! Acho que esse é um passo importante pra eu me sentir mais em casa por aqui (de novo, assunto pra outro post!rs)
  • Acabamos (eu e Cecília) de passar quase um mês no Brasil!! Foi delícia demais!! A bichinha aproveitou MUITO os avós, tios, primos, amigos… Que coisa mais deliciosa é ver todo mundo curtindo minha gostosura de filha!!! E, vou confessar, que coisa boa que é dividir ela com mais gente e descansar uns bocados! hehehe  Já eu… bom… descansei, comi, engordei, aumentei barriga, matei um pouco de algumas saudades…essas coisas básicas dos retornos que vocês já leram muito por aqui! rs
  • Ah!!! Já contei? Tô grávida!!!!! hehehehe” 

    O reencontro pós férias

      

 

 

“Totalmente antenada na minha parada”**

Gente! Gente! Gente!

Não sei se vocês já não passaram por lá por casualidade e notaram… mas tem uma participação da senhora minha pessoa lá no Dadadá, blog lindo e foda (com o perdão da palavra..rs), da queridíssima Gabi Sallit!!
Gente! Eu tô no Dadadá, gente! – deu pra notar que eu sou fã deles (do blog e da autora) e fiquei empolgadona?? hahahaha

A Gabi me chamou pra essa “missão especial”  e eu, toda emocionada, topei na hora, claro!!

Pra ler o post é só clicar aqui oh:
http://vilamamifera.com/dadada/enxoval-pelo-mundo-que-tal-fazer-as-compras-do-bebe-na-espanha/

Como no link do endereço já rola um spoiler (rs) aproveito pra fazer um pedido: quem me conhece sabe que eu não sou lá o gênio das compras e dos frufru’s, então os palpites e dicas antenados são super bem-vindos – dêem uma espiadinha nos comentários do post pra ver e ajudem a completar!! 😉

**Acho que é o título mais sem noção que já usei! hahaha
De vez em quando dou uma pesquisada pra ter ideia de título e hoje o google me sugeriu essa música aqui:
http://www.kboing.com.br/anitta/1-1253992/
(que eu nunca ouvi, diga-se de passagem!)
Mas ri muito com a sugestão e não resisti à piada!

“Onde ir”

Hoje resolvi fazer um post desses clássicos na blogosfera materna, um guia prático com dicas de ótimos lugares pra se comemorar o dia das mães! 🙂

O segundo domingo de maio é, sem dúvida, um dia de restaurantes cheios e filas de famílias famintas, por isso recomendo que você avalie bem o humor e as vontades de vocês  pra ir direto pro tipo de lugar que mais combina, afinal ninguém merece ficar rodando de fila em fila, né?!

Vamos às minhas sugestões:

– Se sua vontade é de um lugar aconchegante e super confortável, uma excelente opção pra comemorar é essa aqui, oh:

IMG_8816 IMG_8818

– Se tudo o que você quer nesse dia é um pouco de paz, minha dica é:

IMG_8817

– Para encher a barriga de forma saudável e deliciosa – e alimentar a alma junto, a dica é quase óbvia:

IMG_8819

– Se você gosta de lugares cheios e badalados, onde não dá nem pra respirar direito você precisa de terapia! hahahaha, que tal essa muvuca?

IMG_8820 IMG_8821

– Se o clima do dia é de “barriga doendo de tanto rir”, sugiro uma programação assim:

IMG_8822

– Quando não estou com vontade de restaurantes cheios, mas quero me alimentar de cultura, eu adoro esse lugar:

IMG_8823

– Se o clima pra você é mais saudosista, que tal visitar essa lindeza?

mae vo

– E se você tiver a chance – infelizemente, hoje eu não tenho 😦 – você não pode perder o melhor de todos:

10497255_10202438698560946_3090946664829527318_o-2

O que mais vocês sugerem??
Espero que tenham gostado e que o guia ajude muitas mamães e filh@s por aí!!

Um feliz dia das mães pra todas!!!

“Mamãe no Face”

Ai, que saudades que eu fico disso aqui!!!!!
Não vou justificar minha ausência, nem fazer promessas futuras, mas, oh, vou dizer: (não sei vocês) eu sinto falta demais quando abandono esse blog…rs

Estivemos semana passada no Brasil: passei meu aniversário por lá pela primeira vez desde 2010; engordei 1 kg; ganhei autógrafo da minha mãe chiquérrima, autora de livro de psicanálise; vi um casal perfeito prometer se fazer feliz pra sempre – e vi a Cecília-daminha-de-honra levar uma florzinha pra eles no altar (e dar um tchauzinho de “pronto, fiz minha parte, vou ali brincar!” hahahaha); abracei gente querida; cantei parabéns com Petit-Gateau e muffin; ganhei (e devorei) ovos de páscoa; gargalhei junto com bebéia em brincadeiras com tios, tias, “primos”, avós; descansei meus braços, sendo deliberadamente trocada pelo colo das tais avós; ouvi muitas novas palavras da vozinha mais linda do planeta; nos esbaldamos de tanto curtir gatos (eu e minha mini-louca-dos-gatos); ganhei presente, colo e companhias fundamentais; enfrentei 8 horas de vôo, na volta, com Cecília acordadona (as outras 2 horas e pouco ela dormiu..rs) e, claro, ouvi muita reclamação na poltrona ao lado; cheguei tão “passada” que larguei me celular no avião; voltei doente, pra variar; Cecília voltou pirada no fuso, teve noite (dia?) de ir dormir só as 3 da manhã (socorro?!) e, como sempre, voltamos com o coração recarregado!

Pronto! Agora 2015 começa de verdade!

E pra comemorar o ano novo (hahaha…muita cara de pau escrever isso em meados de abril!), resolvi finalmente criar uma página pro blog no facebook! #todascomemora: Uhuuuu!!!
Por lá pretendo avisar sobre as novas postagens, além de compartilhar links de interesse (meu..rs) sobre os temas relevantes a esse blog, tais como maternagem, expatriação, filhos bilingues, etc…

Pra acompanhar, curtam essa página aqui e sejam bem vindos:

https://www.facebook.com/queridoscuriosos
🙂

(críticas, sugestões e ajudas são necessários e muito bem recebidos, obrigada! rs)

E pra terminar, umas poucas fotos dos últimas dias
(poucas porque, por enquanto, a Iberia tem meu celular e as fotos…rs)

11150371_10203236247861658_1988822710163444212_n 11096413_10155341991930214_7420567562884422828_n

“Amigo, estou aqui”

A maior vantagem de estar em São Paulo é, sem dúvida, poder estar perto de vários dos meus queridos… sucesso, né?!
E o que dizer então da possibilidade de conhecer ao vivo pessoas tão queridas que essa vida na blogosfera me apresentou?!? Sucesso Absoluto!!!!

Eu fico aqui, do outro lado do computador, acompanhando os blogs “da’zamigas”, me sentindo tia das crias lindas que elas tem, sentindo um carinho imenso por elas…por isso, quando a Dani sugeriu que nos encontrássemos, topei na hora, não dava pra perder a chance!! E aí, na terça feira da semana passada, rolou esse encontro aqui oh:

"Aos queridos, curiosos e pacientes, informamos que estivemos juntas numa tarde deliciosa, falando sobre essa viagem de primeira (e segunda) viagem, que é a travessia materna. Entre outras coisinhas mais." - legenda genial da Marina :)

“Aos queridos, curiosos e pacientes, informamos que estivemos juntas numa tarde deliciosa, falando sobre essa viagem de primeira (e segunda) viagem, que é a travessia materna. Entre outras coisinhas mais.” – legenda genial da Marina 🙂

Sim, gente!!! Fui conhecer pessoalmente a Dani, a Helena, a Laura, a Marina e a Agnes!!! Não é demais?!?!

Foi uma delícia de tarde!!! A Lala é uma fofa absoluta, dessas que dá vontade de levar pra casa! A Helena toda pequerrucha e, juro, cor de rosa – duas Mini- Danis muito gostosas!! A Dani é toda essa sinceridade e espontaneidade que a gente vê no blog, esse coração enorme, esse humor divertido (mesmo em pleno puerpério, hein?!)… A Agnes é uma menina séria, observadora e muito mordível (vocês não tem idéia do que são as pernas e braços dessa pessoa!! hehehe! A Má, bem como diz a apresentação lá no blog dela, “fala”muito mais por escrito do que pessoalmente e transborda carinho e cuidado..uma coisa incrível!

(conheci os respectivos maridos também, mas o dia foi de clube das luluzinhas mesmo, então dessa vez eles não contam…rsrsrs)

Achei o máximo sair do virtual e ver que a relação se extende de verdade pra vida “aqui fora”, sabem?! Batemos muito papo, babamos nas filhas alheias, trocamos histórias e experiências (e inexperiências…rs), Cecília fez bagunça pela casa (rs),  comemos comidinhas feita especialmente pras mamães das alérgicas, fortalecemos os laços que fizemos pelos blogs…enfim, tudo de bom!!!

Tão bom que merece um repeteco pra logo!!! 😉

E que dá vontade de já deixar combinado com as blogueiras amigas que me esperam na Europa! hahahaha

(pros de São Paulo, já avisei pra correr e “marcar hora”, né?! hehehe)

“Não espere por mim de dia”

Um negócio que me angustia é querer escrever e não conseguir… Outro é não conseguir manter esse blog ativo como eu gosto…

Tô devendo (pra mim) o post de despedida do Chile. E o post da chegada em São Paulo. E vários outros que estão “pendentes” (na minha cabeça..rs) faz tempo…
Tô perdendo um monte de posts de blogs amigos que adoro.. alguns até consigo ler sem parar pra comentar, outros nem vejo que saiu post.. 😦

Acontece que em meio ao turbilhão INTENSO de emoções e de bagunças que está sendo essa mudança há também um monte de compromissos que nos esperavam no Brasil e, principalmente, uma bebéia no auge dos seus quase 9 meses, em plena crise de “angústia de separação” mesclada com uma vontade imensa de ser independe e sair explorando o mundo por aí (contanto que eu esteja do lado, sem encostar muito, mas sem dar atenção pra mais nada, sabe como?! Dia e noite, dia e noite…sem parar!!!

Honestamente, não sei como outras mães (ou babás) fazem pra dar conta de tudo sozinhas! Admiro cada dia mais quem consegue! Eu, já está claro, não consigo!

Tenho recebido ajuda no resto, ainda bem, mas esse canto aqui é só meu… Parece que preciso me reinventar, descobrir uma nova forma (acho que outra HORA, na verdade) pra voltar pra cá…!
Preciso E VOU!!! (óia eu já escrevendo quando deveria estar dormindo…rs)
Prometo! pra mim e pra quem mais estiver com saudades nossas 😉

"Bye bye"

Oies!

Só passando pra contar que Maní já está quase 100%, Cecília continua na farra barrigal (rs) e pai e mãe estão saindo de férias!!! Uhuuu!!!!

Viajaremos durante duas semanas e pretendo ficar bem off nesse período… aproveitar pra descansar, relaxar e curtir muito o maridão na nossa última viagem só em casal em muuuitooo tempo! rs

Volto pra internet e blog (meu e dos outros) quando acabarem as férias, ok?!

Beijocas!