“(Não) vou me curar”?

Vou contar uns causos pra vocês:

Na quinta feira passada meu irmão veio me visitar. Nos falamos por telefone e combinamos de nos encontrar na livraria.
Então eu estou andando na livraria, procurando presentes e empurrando o carrinho da Cecília quando um rapaz vem em minha direção sorrindo. Eu sorrio de volta por educação e recebo de resposta um “oi”. Respondo o “oi” e continuo meu caminho, porém pronta pra ter que explicar pro tal rapaz que eu não trabalho na livraria – e me questionando como alguém pode achar que uma mulher empurrando carrinho de bebê é funcionária da livraria..!
Até que me dá um estalo e eu percebo que o tal rapaz é, na verdade, meu irmão!!!
Eu não reconheci meu próprio irmão!!! E não é que ele esteja diferente ou que eu não tenha olhado direito pra ele..: eu olhei e vi! Vi o cabelo curto, os olhos escuros, a barba grossa, a camisa listrada… Vi tudo isso, mas meu cérebro simplesmente não fez a ligação daquela figura que ele observava com a já conhecida cara do meu irmão!
Chocante, né?! Mas esse é o só o primeiro causo!

Saindo da livraria passamos no mercado. E ali, enquanto passava no caixa, veio o outro: eu tava colocando as compras na sacola, conversando com meu irmão, olhando a Cecília… Pra pagar com cartão de crédito, coloquei-o na máquina e continuei minhas vinte outras tarefas, incluindo um debate com a caixa sobre o leite de aveia que tomo… E eis que eu olho na minha carteira e… Cadê meu cartão??? Revirei a carteira, olhei no carrinho da Cecília, na bolsa, nos bolsos… E nada! Já estava convencida de que havia deixado o cartão na livraria e tava reclamando de ter que voltar lá pra buscar…
Meu irmão me olhando com cara de quem não entendia nada, me apontava um outro cartão na carteira e eu explicando repetidamente que era outro que eu procurava – “esse é um visa, tinha que ter um MasterCard igual a esse aqui!!”!
E ele, incrédulo, me aponta o master colocado na maquininha na nossa frente…! Pois é!!! Eu coloquei ali e depois surtei porque não tava achando!
(fim do causo 2)

Saímos de lá, eu inconformada com a falta de cérebro, rindo muito e tal…chegamos em casa e eu fui guardar as compras na cozinha. Tô lá, de um lado pro outro, guardando coisa no armário, sacolinha na lavanderia…reclamando do calor, conversando, cuidando da Cecília…aquela rotina de sempre…
Até que eu me dei conta de que em uma área específica da cozinha fazia mais calor do que no resto… Área essa, claro, perto do fogão…

Fui olhar e descobri uma das bocas do fogão acesa!!!!! Choquei!! Não tem como ter esbarrado e acendido sem querer (tem que apertar, girar e apertar outro botãozinho!), ninguém mais passou por ali, eu não mexi no fogão naquele dia…nem meu irmão, nem o Lucas, nem a Cecília, nem a Maní…
Conclusão a que chegamos: aquilo ali estava aceso desde a manhã do dia anterior, quando fiz uma tapioca pro café!!!! Mais de 24 horas de boquinha acesa, da pra acreditar?!?!?

Agora… Me digam honestamente…
É caso de psicotrópico, de internação ou só uns dias de relaxamento (e noites inteiras dormidas) num spa dá conta de resolver???

Ah!!!
Lembrei que na semana anterior coloquei minha bombinha de tirar leite pra ferver e esqueci…
Olha o resultado:

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/f13/68336647/files/2014/12/img_7223.jpg

=\

Anúncios

“Luz Viva”

IMG_6163.JPG

Hoje eu descobri o tamanho do alívio que abrir um simples envelope pode trazer!
Hoje eu senti como se tivesse ajuda pra carregar o peso absurdo que vem se apoiando nos meus ombros nos últimos meses.

Hoje eu fui buscar o resultado do segundo exame de “sangre oculta en las deposiciones” da Cecília.
Depois de dois meses de um resultado positivos nas 3 amostras, peguei esse daí de cima. Negativo. Três vezes negativo!

Isso não quer dizer que a Cecília esteja curada da alergia. Não, ainda não…

Mas quer dizer que ela já não está mais perdendo sangue nas fezes. Quer dizer que a micro-anemia que encontramos há dois meses já não tem razão de existir. Quer dizer que os alérgenos que faziam com que o organismo dela ferisse o próprio intestino não estão mais lá. Quer dizer que os cuidados que venho tomando na Introdução Alimentar dela estão dando conta do recado. Quer dizer que minha dieta está bem ajustadinha. Quer dizer que a amamentação, que segue em livre demanda, está fazendo seu papel de nutrir, fortalecer, amadurecer e curar!Quer dizer que não, a gente não está exagerando. E quer dizer, principalmente, que todo o esforço está dando resultados.

Ufa!!!
Três (mil) vezes: ufa!!!

Termino o dia de hoje bem mais leve e vou dormir pra sonhar com a luz que vejo agora, tão brilhante, no fim do túnel!

Boa noite!

“Força do desejo que vence a ilusão Esperança que trasnforma a escuridão Em luz viva Expressão do amor que conduz a mutação A vontade que liberta o coração Do medo e da dor “

"Foi assim…"

Foi assim…que começou:



– Terça feira, dia 21/01, 39 semanas e 2 dias. Na consulta com o obstetra contei que minha barriga tinha baixado bastante, que vinha perdendo bem pouquinho de tampão todos os dias há algumas semanas e que as contrações de treinamento estavam ganhando ritmo e intensidade – há quase uma semana, várias vezes por dia elas vinham ritmadas (a cada 12 minutos) e acompanhadas de uma dorzinha tipo cólica mais forte, mas sempre passavam depois de um tempo…
Ele nos examinou e constatou que estava tudo bem com as duas. Deixou pedido um ultra-som pra segunda feira seguinte, quando eu estaria com 40 semanas e 1 dia, mas disse: “duvido que chegue até lá! Estamos vendo algumas boas mudanças…ela deve nascer logo!” 
Saímos felizes do consultório, mas resolvemos não contar essa fala dele pra ninguém, pra não aumentar ainda mais a ansiedade alheia que já nos cercava! rs

Mesmo depois disso não fiquei ansiosa! Naquela altura do campeonato eu já sabia que não faltava mesmo muito… já tinha reconhecido esses sintomas todos como “pródomos” e sabia que só podia esperar a hora dela…

E olha que eu tava maior que uma melancia! Quer ver? rsrss

Hahahaha



– Quinta feira, dia 23/01, 39 semanas e 4 dias. Poucas mudanças nos sintomas nos últimos dias.. o Lucas até comentou de manhã: “ihh..será que o médico se enganou??”
Eu passei o dia super bem, mas Maní estava bizarra!! Apesar da nossa rotina estar igualzinha, ela durante a manhã estava na maior depressão, murcha como fica quando percebe que vamos viajar, super cara de “Drama Queen”, só ficava deitada me olhando de canto de olho… até que no começo da tarde mudou radicalmente! Entrou numa agitação que eu nunca vi! Ficava de um lado pro outro da casa, não queria saber de brinquedo nenhum, não dava muita bola pra gente, só se agitava… se escolhia um lugar pra deitar, demorava 5 minutos pra se ajeitar e não parava nem 2 minutos deitada, logo começava a ficar inquieta de novo…
Mandei mensagem pro Lucas: “se cachorros podem ‘prever’ terremotos, poderiam também prever trabalho de parto???’
Aquele comportamento não era normal! Ou tava vindo terremoto ou a Cecília! rsrs

Além disso, a madrugada seguinte marcaria a entrada da nossa nona lua e tinha um monte de gente apostando que esse seria o marco! Eu só dizia: “será? veremos…”
Umas 8 da noite saí pra passear com a Maní e no meio da caminhada senti três contrações mais fortes, bem seguidas umas das outras e, pela primeira vez, acompanhadas de dor nas costas! Em seguida vieram umas dores esquisitas perto das costelas e achei melhor encurtar o passeio! Voltei pra casa, entrei no banho e as contrações praticamente sumiram… Entendi que não estava em trabalho de parto, mas sabia que a dor nova era uma mudança importante nos pródomos!

Nessa mesma noite recebemos dois amigos em casa pra jogar RPG – Lucas tem experiência prévia na brincadeira, mas os outros todos da mesa estavam experimentando pela primeira vez e nos divertíamos com o quão “geek” era a situação – mas, verdade seja dita, nós 4 adoramos a experiência e outras jogatinas estão sendo programadas! hehehe
Eu fiz a piada: “imagina se entro em trabalho de parto no meio do jogo?? Cecília nasceria com um carimbo de “nerd” no meio da testa!”hahahaha

Maní também jogou!



Pois foi quase isso que aconteceu…

Ficamos jogando até tarde, fomos pra cama eram quase 2 da manhã
(depois de a Silvia ter tido uma “síndrome do ninho arrumado por transferência” hahaha) e às 3: 15 eu acordei praquele que seria, finalmente, o primeiro dia de 2014! =)

(continua aqui)

"Querido Diário" – 39 semanas – pequeno anexo

Porque, né?! Se falta neurônio funcionando, nada mais esperado do que faltar pedaços do post.. hahaha
Faltaram tantos comentáriozinhos que ia dar trabalho editar e acrescentar, então resolvi escrever a parte, ok?!

Esqueci de falar que além das mudanças no cabelo e na pele, minhas unhas também começaram a crescer loucamente!!! Tava desde o começo da gravidez esperando essas mudanças famosas, mas elas só vieram agora, bem no finalzinho… curioso, não?!

Também não comentei que o calor deu uma aliviada…voltamos ao estado mais normal do verão Santiaguino, em que nas sombras a gente não passa tanto calor e a noite dá uma bela refrescada – bela, mesmo!! Silvia e Lucas até reclamam de frio, colocam mais roupa e fecham janelas…eu tô só achando uma delícia o ventinho fresco e brigando oras janelas ficarem abertas! hahaha

Dirigir já tá difícil porque além da dor na bunda (falei dela antes, né?! rs), a barriga fica praticamente encostando no volante – então decidiram que eu não devo mais fazer isso…rs
Eu, que não acho a tarefa nenhuma maravilha, tô até gostando! rs

Maní tá curtindo a companhia nova e constante da Sil, tá um pouco mais carente e continua com sua sensibilidade ímpar: grudou em mim de um jeito delícia quando cheguei tristonha com a notícia da matrona! ❤

E, principalmente, faltou a importante comemoração das minha pequenas vitórias gravídicas:

– com 39 semanas consegui cortar sozinha as unhas do meu pé!!! Todas elas!!! Uhuuu!!!! hahaha

– com 39+2 Maní teve sessão de banho e tosa!!! Sil fez companhia e deu uma mão na hora de usar a máquina de tosar (pq ela tá com mau contato e tá um saquinho de usar!)… fiquei orgulhosa por poder manter a rotina da filha mais velha normal até agora! rs


– fui no cinema assistir Hobbit e aguentei as quase 3 horas de filme inteirinhas, sem dormir, sem ter dores chatas e, especialmente, sem precisar ir fazer xixi no meio!! rsrs Cecília se mexeu o filme todo e o pai babão logo concluiu que ela já escolheu seu filme e sua mascota preferidos!! hahaha

“Dagão”- o bichinho preferido da Cecília

"Querido Diário" – 39 semanas – pequeno anexo

Porque, né?! Se falta neurônio funcionando, nada mais esperado do que faltar pedaços do post.. hahaha
Faltaram tantos comentáriozinhos que ia dar trabalho editar e acrescentar, então resolvi escrever a parte, ok?!

Esqueci de falar que além das mudanças no cabelo e na pele, minhas unhas também começaram a crescer loucamente!!! Tava desde o começo da gravidez esperando essas mudanças famosas, mas elas só vieram agora, bem no finalzinho… curioso, não?!

Também não comentei que o calor deu uma aliviada…voltamos ao estado mais normal do verão Santiaguino, em que nas sombras a gente não passa tanto calor e a noite dá uma bela refrescada – bela, mesmo!! Silvia e Lucas até reclamam de frio, colocam mais roupa e fecham janelas…eu tô só achando uma delícia o ventinho fresco e brigando oras janelas ficarem abertas! hahaha

Dirigir já tá difícil porque além da dor na bunda (falei dela antes, né?! rs), a barriga fica praticamente encostando no volante – então decidiram que eu não devo mais fazer isso…rs
Eu, que não acho a tarefa nenhuma maravilha, tô até gostando! rs

Maní tá curtindo a companhia nova e constante da Sil, tá um pouco mais carente e continua com sua sensibilidade ímpar: grudou em mim de um jeito delícia quando cheguei tristonha com a notícia da matrona! ❤

E, principalmente, faltou a importante comemoração das minha pequenas vitórias gravídicas:

– com 39 semanas consegui cortar sozinha as unhas do meu pé!!! Todas elas!!! Uhuuu!!!! hahaha

– com 39+2 Maní teve sessão de banho e tosa!!! Sil fez companhia e deu uma mão na hora de usar a máquina de tosar (pq ela tá com mau contato e tá um saquinho de usar!)… fiquei orgulhosa por poder manter a rotina da filha mais velha normal até agora! rs


– fui no cinema assistir Hobbit e aguentei as quase 3 horas de filme inteirinhas, sem dormir, sem ter dores chatas e, especialmente, sem precisar ir fazer xixi no meio!! rsrs Cecília se mexeu o filme todo e o pai babão logo concluiu que ela já escolheu seu filme e sua mascota preferidos!! hahaha

“Dagão”- o bichinho preferido da Cecília

"Querido Diário" 39s2d

Trinta e nove semanas. E dois dias.


E (posso falar sem parecer “izibida“?? rs) tô me sentindo muito melhor agora do que, por exemplo, na semana 37…

Azia praticamente sumiu, inchaços matinais também, dor na virilha também… maravilha, né, não?!
Ainda durmo a noite inteira sem problemas, abaixo e levanto quantas vezes precisar/quiser, me sinto bem e quando o cansaço bate, geralmente posso parar e até dormir um  pouco! rs
Meu cabelo e minha pele é que mudaram bastante nesse final…o cabelo tá (precisando de um corte! hahaha) mais cheio, parece..talvez mais grosso… e a pele mais oleosa, várias espinhas no rosto e bem menos necessidade de cremes, apesar da secura de sempre nos ares chilenos!
As contrações estão ficando mais frequentes e intensas..já até andamos brincando de contar os tempos/intervalos com um aplicativo do celular e acabei tirando uma noite de sono do marido, que acabou ficando muito ansioso! hahaha

Já chegou tudo que compramos que ainda faltava e agora tá tudo certinho! Quarto, roupas, detalhes, tudo!
Eu fiz as lembrancinhas da maternidade, o Lucas fez um mobile montessoriano, a tia Carol fez o nome da pequena… tudo simples, com a nossa cara e nossa inexperiência… mas incrível como eu tô gostando mais assim!!!

Também chegou nossa doula querida importada do Brasil!! rs

Cecília cumpriu o acordo e esperou a semana 39 pra equipe voltar de férias, fofa!
O médico voltou (ufa!) e tivemos consulta hoje – tá tudo lindo!
O único problema foi com a matrona… =/ A mãe da nossa matrona oficial morreu (enquanto ela tava de férias, coitada) e ela ficou bem mal…dizem que está isolada, fora de Santiago e sem previsão de volta pro trabalho… Temos que entender, né?!
Fiquei bem chateada com a notícia..queria muito a Pascale com a gente e ela fazia parte do meu plano de parto dos sonhos… Mesmo que eu soubesse antes que as coisas não vão sair exatamente conforme planejamos e pronto, foi duro ter que lidar com uma decepção assim, já antes da hora…
Maaas… como a Cecília vai ter que sair uma hora (rs), tive que fazer as pazes com essa nova realidade pra poder relaxar e permitir à minha filha uma vinda tranquila…
(tá, vai…confesso que ainda tô tentando engolir um pouco de birra da matrona nova…rs)


Apesar de todo mundo dizer que nessa altura a bebê deveria se mexer menos, porque tem menos espaço, Cecília contraria as regras e dança Macarena tranquilamente – o que faz com que, algumas vezes, minha pele doa de tão esticada que fica! rs Mas eu ainda me divirto e fico olhando que nem boba – aliás, agora tenho companhia, a Sil (a doula) fica comigo babando no balé-barrídico! hehehe

Temos conversado bastante sobre parto (o meu e o conceito/ato geral), plano de parto, desejos, vontades, medos…tem sido bem bacana! 

Continuo curiosa sobre como vai ser! Mas, juro, só sobre o como, tô beeeem tranquila sobre o quando!
A ansiedade não chegou!!! Não sei se porque me sinto informada (preparada?) e sei mais ou menos o que esperar, ou se porque está muito tranquilo “continuar grávida”, mas parei de fazer contagem regressiva, não fico mais pensando em prazos, probabilidades, etc…a verdade é que não me importa, não faz diferença…e a escolha é só da Cecília!!!
Já o resto TODO DO MUNDO tá super ansioso! Não paro de receber mensagens perguntando: algumas mais diretas (tipo: “e aí, alguma coisa??”, “nasceu??”) e outras disfarçadas de inocentes ( “tudo bem por aí???”) hahaha
Confesso que entendo, mas já começo a ficar meio irritada… acho que se eu tivesse uma pontinha pequena de ansiedade, essa pressão externa estaria me fazendo um mal danado e as pessoas parece que não percebem! E olha que ainda nem passamos da DPP! rs
Hay que esperar, no más…


Ah!! Essa semana tiramos pra conhecer pediatras! Na segunda fomos em uma e amanhã temos outro…
Os dois são antroposóficos e a impressão com a primeira foi bem boa!!! Quando decidirmos com qual vamos ficar venho contar melhor!

E acho que é isso… 
Hay que esperar, no más…
esperar…planejar…sonhar…


Barriga de domingo – baixou um monte, não dá pra negar!




"A dor e a delícia"

Tava aqui pensando em quão sortuda sou por estar tendo uma gravidez tão tranqüila…
Mas aí me perguntei: a gravidez é que está mega tranquila, ou a tranquilidade vem de mim mesma e facilita a experiência???
Acho que a pergunta é meio “tostinas”, sabem?!

É bem verdade que não tive nenhum problema maior, nenhuma intercorrência grave, nenhum sintoma absurdamente difícil de suportar… mas, poxa vida, tive – e tenho – um monte dos sintomas chatos normais: passei semanas enjoada o dia inteiro, ganhei umas estrias, tive dores de cabeça, passei por gripes pesadas sem poder tomar remédios, deixei de fazer coisas que queria, tenho cada vez mais incômodos, tenho contrações fortes faz tempo e outros sintomas que poderiam ter me deixado preocupada e com medo…e etc, né?! rs

Mas, sei lá, tenho a impressão de que reclamei muito pouco de tudo isso (o que é um milagre, visto que por muito tempo fui tipo a reclamadora oficial das redes sociais…rsrs) e, mais do que isso, fui aprendendo a ter muita calma pra pesquisar as causas de cada coisa e não morrer de medo por tudo, não ligar logo pra médico ou correr pra hospital…



Isso sem falar na coisa “remédica” da história!
Gente, eu era praticamente hipocondríaca, lembram?!? rs
Tomava dorflex como quem toma um cafézinho e pra qualquer sintoma chato, sempre encontrava a resposta na farmácia!

Antes mesmo de engravidar eu já tava tentando mudar um pouco isso (com ajuda da “homeopatia maridal” rs) e, claro, com as restrições da gravidez, uma parte da mudança teve que ser forçada…

Acontece que eu percebi que a mudança foi além… não parei de tomar remédio só porque “grávida não pode”. Parei mesmo aqueles que grávida pode sim!
Apesar dos enjôos diários do começo e da azia forte do final, conto nos dedos de uma mão quantas vezes recorri a algum remédio pra aliviar, por exemplo.

E pensando melhor, sinto que mudei a forma como me relaciono com meu corpo, a forma como lido com incômodos que aparecem…
Posso dizer que agora lanço mão de menos remédios e mais paciência…mais entendimento!
Algo me incomoda, ok… mas se eu sei o motivo e sei que não é sério, posso simplesmente esperar passar, tentar melhorar de uma maneira mais natural, tentar evitar uma próxima vez…

Isso é muito novo pra mim, mas tem dado bem certo!Me proporcionou grande parte dessa tranquilidade toda nos últimos meses – e isso é impagável!! 
Especialmente porque eu tinha muito medo de ter medo demais (falei disso aqui e aqui)
E agora que tá quase acabando a gravidez é bom demais olhar pra trás e perceber que superei isso… superei o medo, esqueci dele e vivi plenamente o que tinha de gostoso pra viver nessa experiência – ou melhor, estou vivendo, né?! Ainda não acabou! rs


E não posso deixar de relacionar essas mudanças internas com meu caminho em direção a um parto natural…
Se antes eu não suportava nem um começo de uma dor qualquer, agora lido de forma muito diferente com as reações que meu corpo tem.. 
Sei que isso vai ser fundamental no momento de passar pelo trabalho de parto! Porque se antes eu era do time “acho um absurdo sentir dor”, hoje sou do time “mas vamos entender porque isso dói” (rs).
E sei também da importância que isso terá ao enfrentar as contrações, da importância de não negar a dor e não lutar contra ela, mas reconhecê-la como parte do processo, saber que cada dor é uma onda cujo objetivo é trazer nossa filha mais pra perto de nós! 
Agora tenho informação suficiente pra deixar o meu corpo fazer o trabalho dele – mesmo que doa! Resta saber se terei força pra não interferir, pra só ajudar e deixar acontecer dessa que, cada vez mais eu tenho certeza, é a melhor maneira de trazer nossa filha ao mundo…!!!
Cenas dos próximos capítulos! (seguuuura curiosidade!! hehehe)


Porque dizem que DÓI, mas que é bom DEMAIS!!!
(Imagem daqui)




ps.: desculpaê se o texto tá mal escrito, desconexo, mal articulado, com erros banais de gramática… não é falta de revisão, juro! É falta de cérebro!! rs


ps.2: acabei de escrever esse textão sobre quão pouco eu reclamo, mas preciso confessar: nos últimos dias marido deu pra me chamar de “reclamona da menopausa”… não tô dando conta do calor absurdo (que muitas vezes só eu sinto), não, minha gente! hahahaha

"Querido Diário" – 38 semanas

A vida inteira achei que uma gravidez durava 38 semanas – 9 meses – por isso, por mais que agora eu tenha lido um monte e tenha super claro que ainda posso ter até quase um mês de barriga pela frente, tem um ladinho meu que se emociona com essa “marca” alcançada hoje: 38 semanas!

Os aplicativos que leio a cada domingo (na entrada de cada nova semana) também ajudaram: todos destacando o fato de que a partir de agora a bebê pode nascer a qualquer momento, todos enfatizando que a brincadeira está chegando ao final e todos descrevendo o que pode ser o começo do trabalho de parto.
É claro que eu já sabia de tudo isso, claro que já li milhares de linhas a respeito desse momento… mas agora que chegou minha vez de vivê-lo, acabei engolindo uma lagriminha (rs) porque emociona pensar que minha filha tá mesmo chegando e que logo me despedirei da barriga – que vai deixar saudades…



No domingo passado, completando 37 semanas, os incômodos ganharam mais força… percebi que em dias de mais esforço fico me sentindo mais pesada, com ainda mais dor na virilha, um pouco de dor nas costas, contrações mais doloridas, muito cansaço e falta de energia, as mãos acordando inchadas… isso sem falar no calor, que tá absurdo mesmo, mas que aparentemente eu sinto muito mais do que as outras pessoas…rs – até umas duas noites de sono ele conseguiu me roubar! Humpf!
Cheguei a achar que agora seria assim até o final: cada vez mais incômodos e cada vez mais fortes, mas aí descobri que se eu consigo descansar, isso tudo alivia bastante! E, por sorte, até que tenho conseguido!! Ufa!!


Parece que perdi o controle quase total do meu cérebro! Sabem o que é dizer uma frase e no segundo seguinte não saber o que se disse??? Tô assim! É terrível!!! E é provavelmente por isso que tô mais afastada de blog e redes sociais… Se não consigo falar, imagina escrever?!? rs



Conhecemos matrona e médico substitutos já… os dois são simpáticos e tal… mas continuo na contagem regressiva: mais 8 dias e os oficiais estão de volta!!
Aliás, Cecília ainda não tá encaixada e o povo que atendeu a gente esses dias tá ” beeemmm sussa”, todos dizendo que ainda teremos que esperar por ela! Melhor assim! rs


No fim de semana passado meu pai e a Patricia vieram nos visitar – visitar a barriga, na verdade..hahaha – e foi bem delícia! Muito papo, muita comilança, jogos, compras, presentes lindos…!!!  =)
(na hora de ir embora meu pai confessou que tinha alguma esperança de Cecília resolver nascer enquanto ele estava aqui!! hehehe)


Aliás, as pessoas tem me olhado agora como se eu fosse explodir a qualquer momento! rs
Saio pra passear com a Maní e os olhares vão sempre direto pra barriga e sempre acompanhados de expressões engraçadas!
Se eu faço careta ou reclamo de alguma dor (tipo porque chutei a roda do carrinho de supermercado! hahaha), o povo em volta já dá um pulo: “que foi?? Tudo bem??”
E eu achando graça disso tudo! hahaha

Assim eu nem acho tão grande…rs

Já assim….rs



A ansiedade ainda não bateu, juro!
(vou me considerar ansiosa quando começar a fazer xixi de madrugada com a luz acesa, pra garantir que não tem nada de diferente acontecendo, ou quando eu começar a controlar os tempos das contrações de treinamento que me acompanham intensamente há tanto tempo…rs)

Tô bem tranquila, na verdade… curiosa pra saber como o MEU trabalho de parto vai começar, como serão as dores, como eu lidarei com elas, etc…
Mas é só curiosidade…não é pressa, não é preocupação e, acima de tudo, não é medo!
Tô tão tranquila que às vezes (muito de vez em quando) me pergunto se não vou quebrar a cara quando descobrir que é tudo mais difícil do que eu tô esperando! hahaha


E, no mais, nos resta esperar…
Curtir o que ainda tem de gravidez, de barriga pulante, de vida a dois, de vida a três…
Esperar que Cecília esteja pronta pra vir pra esse mundo maluco pra que nossa nova aventura possa começar!!!

Quanto será que falta??? rs












"Querido Diário" – 32 semanas


Novo dia, nova semana, novo mês… merece post novo, né?! rs


De novo atrasei pra vir contar “as últimas” da gravidez e vai acabar tudo resumido nesse post longo… =( Vamos lá!

No dia 18/11 começamos o curso com a matrona! E o negócio é tão bom, mas tão bom, que várias vezes durante a primeira aula meu olho enchia de lágrima (já falei que virei chorona??? hahaha) de emoção por estar ouvindo aquilo! 
A Pascale (que é quem dá o curso e será minha matrona!!!) é tipo a personificação de TUDO que venho lendo, aprendendo e desejando pro meu parto!!! Juro!! É lindo!! rs
Saí de lá me sentindo tranquila e “encontrada”…foi um alívio sem tamanho encontrar aqui no Chile e, melhor, na minha equipe, essa mentalidade super humanizada que busco pro meu parto!!!
Fora que é bem divertido conhecer outros casais grávidos e tão diferentes.. uns super “ativistas” e outros que passam a aula com cara de pânico e quase choram quando ouvem falar de contração..rsrs

*********

A diabete tá super controladinha! Tanto que médico e nutricionista me liberaram um pouco: a nutri aumentou um pouco a quantidade de carboidratos no almoço e na janta e o médico mudou minhas medições de glicemia de 3 pra só 1 vez por dia! =)
Até agora todas as medições estiveram bem abaixo do permitido! Quer dizer, só tive uma um tiquinho acima do que devia, mas foi por um ótimo motivo.. já já eu conto!rs

**********

Os sintomas chatinhos estão começando a dar as caras… 
Agora tenho um tempo máximo que consigo ficar sentada (em cadeira, carro, etc..só meu sofá se salva!).. por exemplo, um almoço num restaurante – contando caminho até lá, tempo de escolher, pedir, comer, conta, etc já tá beirando meu limite do suportável..se a coisa estender pra um bate papo, já não consigo! Começa a doer minha bunda, depois minhas pernas, depois minhas costas… Aí vai me dando mau humor e preciso sair correndo antes que vire abóbora, sabe como?? rsrs
Essa semana estive MUITO cansada! Tudo que eu começava a fazer só aguentava tranquila por uns 5 minutos, aí já batia um quase desespero pra parar, sentar e descansar… tudo! Passeio com a Maní, pilates, janta, até banho…rs
Também essa semana comecei a ter azia no final do dia (antes do jantar) e a acordar com dor nas costas (acho que preciso rever minha posição de dormir…)

***********

Cecília tá “meio” apertadinha aqui dentro…sinto seus movimentos com muito mais força e intensidade agora!! E em momentos que não sentia antes, como quando estou fazendo caminhada…
Essa força toda às vezes incomoda, confesso, mas ainda não comecei a sentir os tais chutes doloridos na costela! Aliás, dizem as (más?) línguas que minha barriga tá super baixa e que a essa altura não deve subir mais, então é possível que eu nem venham a sentir tais dores… Veremos!

*************

Na semana passada recebi a visita mega especial dos meus pais!! Eles vieram passar 4 dias aqui com a gente só pra ver e paparicar a barriga! E foi exatamente o que a gente fez! Nada de turismo, quase nada de passeio… só ficar juntinho, conversar muito, matar a saudade, mimar muito a Gabi (hahaha)… Foi gostoso DEMAIS!!! Pena que passa tão rápido!
Ah! Ano passado eles vieram com a mala carregada de guloseimas pra mim, já esse ano vieram cheios de presentes pra Cecília (e uns pra mim tb…hehehe)

Abraço bom com jeito de colo!

Maní felizona com a chegada deles!
Caras inchadas de despedida!



Maní triste porque eles tavam indo…

*************


E no meio desses dias de visita o Lucas e uns amigos organizaram nosso Baby Shower!
TOTAL e ABSOLUTAMENTE SURPRESA!!!
Se o Lucas já é ótimo em me fazer surpresas normalmente, imagina com a cabeça lerda de grávida aqui?!?! hahaha
Foi muito legal, muito lindo e não desconfiei nem por um milisegundo de nada!!! Não preciso nem tentar descrever a emoção, né?!
(Quando estiver com as fotos faço um post só do chá, porque merece!!!)
Ah! Claro que foi no dia seguinte ao chá que minha glicemia saiu alteradinha, né?! Não seria justo me controlar e ficar sem brigadeiro, beijinho, coxinha, bolinha de queijo….rs Mas juro que não abusei! Só não passei vontade!

************

Sexta foi embora a cama de visitas que ainda habitava o já quarto da Cecília – e aí começamos os preparativos!!!

Adesivo de parede colocado!


Armário só com as coisas dela!!


Ficou tão lindo o adesivo que todo vez que passo pela porta do quarto paro um pouquinho e dou uma babada! Tô apaixonada!! hehehe

*********

E pra terminar, hoje completamos 32 semanas!

Foto de hoje


E agora tô oficialmente no período de “falta pouco, mas ainda falta taaaanto!!!” rsrsrs
32 semanas significam que ela pode nascer entre 6 e 10 semanas de agora! E, gente, 6 semanas é muito pouco, né, não?!? hahaha
Mas na verdade já combinei com ela: Cecília só pode nascer a partir das 39 semanas, porque antes disso meu médico e minha matrona (dos sonhos!) estarão de férias! Por isso, nada de pressa!! rs

Essa semana temos consulta com o médico, aí volto pra contar! 😉

Beijos em todos!!

"Querido Diário" – 28s1d

Aí que ontem completamos 28 semaninhas de gravidez, o que significa que entramos oficialmente no 3º trimestre!

Sim, minha gente, 3º tri JÁ!!!

Quer dizer, a relatividade do tempo continua me deixando maluca, na verdade…se por um lado acabei de escrever o “já” lá em cima em letras garrafais, por outro, gezuis!, que mês imenso e infinito foi esse que acabou de acabar???

Ainda bem que acabou, aliás!

E essa semana, além de ser semana de trimestre novo, é semana de consulta com o médico, de refazer os exames de sangue e urina e de fazer aquele exame chato da curva glicêmica (que você fica 2 horas no laboratório tomando glicose no copinho e tirando sangue de tempos em tempos pra ver como seu corpo processo a bagaça doce…rs)

*******

Tô conseguindo manter direitinho a dieta saudável e a rotina de caminhadas e os resultados tem sido ótimos!!!
A balança tá super controlada, o que me faz ter menos medo da consulta com o médico (hahaha) e me sentir muito melhor comigo mesma! Especialmente porque sei que isso não é resultado de “dieta” (no sentido restritivo da palavra), mas sim de uma alimentação saudável e equilibrada – tudo por amor! rs
Nos fins de semana tenho me permitido alguns pequenos abusos, porque também ninguém é de ferro, mas no geral tenho me saído bem com essa história de comer bonitinha…Já não me frusto tanto e até andei percebendo mudanças de paladar (aka: um pouco menos de frescuras…rs)… bem legal!
Problema é só quando o fim de semana tem 4 dias – como foi o caso do último, com um feriado engordativo pra atrapalhar…rs Mas enfim, né?!

As caminhadas estão também menos torturantes..rs Aliás, elas viraram quase boas já!
Descobri que caminhar pela manhã é bem mais agradável e menos sofrível pro corpo – beeemmm menos cãibras durante! E eu não tinha acreditado no médico, mas ele tava certo… as dores na virilha, que tinham piorado absurdamente quando comecei a caminhada, melhoraram muito… adivinham como? Caminhando! Juro! rs
Nas últimas semanas tivemos lindos dias frios e nublados e estava super agradável pra caminhar!
Essa semana voltou o calor e o sol forte horríveis, por isso troquei a caminhada na rua pela caminhada no aparelho aqui na academia do prédio… bem mais chato, mas é o jeito de não fritar nem passar mal no solzão!
Ter voltado pro pilates também foi ótimo! Como é boa essa aula especial pra gestante, povo!!!
No começo eu ficava me achando “A mimada” porque enquanto minhas companheiras sofriam com os abdominais mais punks da história, eu tava lá rebolando na bola! hahaha
Mas agora a professora já começou a pegar um pouco mais pesado, e eu continuo adorando!

*********

A barriga continua tendo uns “boons de crescimento” e eu continuo achando o máximo! rs


Foto com 27 semanas. Agora já tá maior ainda!


Acho que continuo achando o máximo porque por enquanto não apareceram outros sintomas chatos (eu sei, eu sei…o 3º tri tá só começando, não é hora de me gabar ainda…hahaha)
A barriga não pesa nada; ainda tenho dormido super bem – de barriga pra cima, inclusive; continuo com os sonhos malucos; de vez em quando ainda acontecem dias de muito sono e muita fome (será que tem relação com boons de crescimento da Cecília??); a perna às vezes incha um pouco, mas é só colocar um pouquinho pra cima; algumas atividades cansam mais rápido, mas também consigo parar e descansar quando preciso…enfim, tá tranquilão, né?! rs As contrações de treinamento continuam com bastante frequência e às vezes incomodam um pouquinho (tipo quando minha bexiga resolve contrair junto no meio do supermercado), mas nada terrível…


O que tá pegando feio é a memória! rs
Ou melhor, não tá pegando! Nem no tranco! hahaha
Li num dos aplicativos que “falta de memória recente” é normal nessa fase e, vou confessar, estou a própria Dori do Nemo!!! A própria!!!! Dúvida? Oh só:
– Vira e mexe, tomando banho, me perco e não sei em qual etapa do processo estou (sou metódica, gente… faço tudo seguindo uma ordem…hahaha)… isso quando não confundo e lavo o rosto com o shampoo e o cabelo com o sabonete pro rosto!! hahaha
– Quando a máquina de lavar apita avisando que terminou, preciso ir lá cheirar as roupas porque nunca lembro se já coloquei amaciante ou não…
– Separo em cima da mesa coisas que preciso levar quando vou sair de casa e sempre sou capaz de esquecer uma parte (sendo que estavam todas juntas…)
– Meus dedos e meu cérebro estão totalmente descoordenados! Hoje por exemplo, fui escrever “alameda das Rosas” e enquanto meu cérebro jurava que era isso que tava ditando, meu dedos rebeldes escreveram “alameda das Coisas”! hahahaha 
Isso sem falar em tudo que ando derrubando e quebrando por aí! Daqui a pouco marido vai adotar o uso exclusivo de louça descartável em casa, por pura falta de louça de verdade! rs
– E por último, o pior! Outro dia aqui: Levanto do sofá, fecho a janela da sala, vou fazer um xixi rápido, volto pra sala e brigo com o Lucas porque ele fechou a janela da sala sem nem olhar e largou o banheiro da Maní na varanda! E bato pé, insistindo que eu não fechei janela coisa nenhuma!!! hahahaha Pobre marido….

******

Minha mãe e o Lalo vão vir pra cá no final do mês, só pra ver e curtir a barriga!!
Tô super feliz e ansiosa com essa vinda! =)

*******

Maní continua linda-delícia e grudada em mim!

E Cecília continua treinando pro Cirque du Soleil aqui dentro!!! (ah como eu queria ter visão de raio x pra assistir de camarote o show!!!)
Mas ela continua com a rotina bonitinha…tem suas horas certas de estripulias e nunca me acordou a noite com movimentos… Mesmo quando levanto pra fazer xixi ela continua dormindo quietinha…

Ah!!! Outro dia sonhei, pela primeira vez, que via a carinha dela com todos os detalhes!
Ela tinha os olhos igualzinhos ao do pai, o nariz e o queixo iguais aos da mãe e uma boquinha só dela, coisa mais linda do mundo!!!! 


******

Lucas pegou uma gripe semana passada e trouxe pra casa pra dividir com a família! 
Maní ficou espirrando e de nariz escorrendo, mas parece que melhorou tão rápido quanto o pai! rs
Eu demorei mais pra apresentar sintomas, mas agora estou lentamente desenvolvendo a tal gripe… comecei com a garganta coçando, no dia seguinte doendo de verdade, depois o corpo doendo, depois a cabeça, agora sinusite… Cada novo dia, um novo sintoma!
É bom que ela se desenvolva devagar porque nenhum sintoma está muito drástico, mas tô com medinho de, nesse ritmo, ficar gripada até o natal… hahahaha
Espero que não!

******E acho que é isso por hoje… rs!