“E pareceres contínuo “

E lá se foram os 6 primeiros meses dessa gravidez! Mas não se apressem, vocês foram enganados a vida inteira, a gestação humana dura 10 meses e eu ainda tenho uns 4 pela frente!! Hahaha

Mesmo assim, é incrível como está voando! E é mais incrível ainda como essa fase em que estamos agora é GOSTOSA!!

Acho que foi a fase que mais me marcou na gravidez da Cecília, porque eu tinha na memória que os 10 meses eram todos gostosos assim – sorte que além da memória eu tenho o meu Diário Gestacional pra me lembrar que também passei perrengues, incômodos e inseguranças, viu?! 

Essa segunda gravidez foi bem injustiçada por um tempo… Na primeira eu sentia enjôo e comemorava o bom funcionamento dos hormônios, nessa eu sentia enjôo (bem mais, diga-se de passagem) e morria de ódio dos mesmo tais hormônios…rs E o mesmo vale pro sono, pras roupas apertadas e pra balança subindo, pra falta de ar, pra dor nos peitos e etc. (acho que só os gases não foram mesmo nunca comemorados! Hahahaha)

Cheguei a pensar que era birra minha, que como assim tava tão ruim se eu não tinha tido nada disso na anterior? Aí eu fui ler e vi que sim, sim..eu tive! Só esqueci mesmo! rs

E mais ainda: aí o tempo foi passando e essas coisas todas foram sumindo ou ficando pequenas, perdendo a importância… E a barriga – e o bebê – foram crescendo e as partes boas foram ficando melhores que tudo!

Estou numa fase deliciosa de deitar e (ao invés de dormir…) ficar namorando a barriga, filmando os malabarismos do pequeno alien, fazendo carinho e esperando resposta…! Comecei finalmente a fazer caminhadas (no horário que a Cecília tá na escola) e tô super curtindo a nostalgia de todos os milhares de quilômetros caminhados lá em Santiago quando era minha Chinchila que morava aqui dentro – alem de estar aproveitando muitíssimo esses momentos de “eu só pra mim”!

To começando a pensar em roupinhas, em quarto, em arranjos da vida a 4 pra quando ele chegar… Minha mãe já tem até data pra vir! 🙂

E pra melhorar mais ainda essa relação gostosa entre eu e ele, tem ela, que consegue, claro, deixar tudo mais delicioso ainda:

  
Ela fala dele, canta pra ele, empresta coisas preciosas pra ele…e já tá começando a ficar ansiosa pra saber quando é que esse irmão vai terminar de crescer na barriga pra poder nascer logo! rs
Enfim, estamos aqui, contando o tempo, fazendo planos, lembrando e redescobrindo coisas… Esperando o que tem que ser esperado, porque afinal, um negócio que a gente aprendeu direitinho da outra vez é que do tempo dele, é ele quem sabe!
E falando nele e em tempo, já temos nome escolhido: “o que perdura, estável, durável, duradouro”

Dante!

Anúncios

“Para realinhar as órbitas dos planetas”

É pra isso que ele veio. E eu soube desde o primeiro momento.

Desde que vi aquelas duas linhas fortes no teste de farmácia , abracei o Lucas e chorei… não sabia explicar porquê no momento,  mas hoje sei que “chorei de realinhamento”.

Antes que eu visse, eu sabia (e queria!), mas eu não pude acreditar! 

Sabia, mas ainda não tinha noção da dimensão disso tudo!
Para realinhar as órbitas  dos planetas!
Ele veio pra me transformar! E pra mudar a vida de todos nós aqui!

Veio e me mostrou que não tem essa de “experiência “, que a segunda rodada é a segunda rodada e não a primeira outra vez!

Por isso tem sido tudo tão diferente!

Com ele conheci de verdade as chatices do primeiro trimestre, o medo do “ai, meu deus, como vai ficar minha vida depois que nascer?”, a ansiedade pelo tal nascimento misturada com uma passagem maluca do tempo que já me levou metade dessa gravidez, sem que eu sentisse ou namorasse cada segundo dela.

Com ele experimentei apreensão, arrependimento, medo – tudo novo pra mim no tema gravidez. 

Ele foi nosso segredo por um bom tempo. Mas, preciso confessar, a verdade é que ele ganhou força pra mim só depois que deixou de ser.

Com ele forte em mim redescobri o desejo, a curiosidade, o namoro da ideia, o gosto do novo e a ânsia pelo diferente!
E por isso ele tinha que vir ELE!

Não podia ser “outra ela”, tinha que ser tudo novo, diferente, transformador!
Ele tá só começando! Ainda teremos muito mais dele em nossas vidas. Ele ainda vai transformar e ensinar muito aqui.

Nossos planetas ainda serão muitíssimo mais realinhados!
Ele ainda não tem nome definido, mas é desde sempre o meu Segundo Sol! 

  

“O Raul perguntooouu…”

Entón… Deixa eu contar mais da gravidez?! 😀
Já vou começar respondendo as perguntas que mais ouço(rs):

  • Sim, a gravidez foi planejada! Mas aconteceu bem mais rápido do que eu imaginei e veio acompanhada de vários momentos de choque e de pânico de “ai, meu deus! Que que eu tô fazendo fabricando outro filho agora??”rsrsrs (agora já me acostumei com a idéia! hehehe)
  • Já estou com 4 meses e meio – ou 18 semanas!!! Sim, tudo isso!!! Resolvemos não divulgar a notícia antes das 12 semanas e aí vimos que nossa ida pro Brasil seria bem pertinho dessa data, então ficou decidido que daríamos a notícia pessoalmente pro povo daí! Foi mais fácil segurar a língua do que eu achei que seria…rs
  • Ainda não sabemos se é menino ou menina. Sim, queremos saber! E não, não temos preferência! Lucas jurava (de novo) que era menina, mas agora já anda meio na dúvida… Eu não acho nada…rsrs Às vezes me bate uma super curiosidade, outras fico bem “de boa” com essa história de ter “bebê – sexo indefinido” na barriga!
  • Minha barriga, aliás, tá GIGANTE!!!! É inacreditável, parece que já tô pra lá dos 6 meses – e juro que é mais na barriga e não gordura generalizada (apesar de, claro, ter engordado um monte nesse último mês no Brasil…rs). Mas, sim, tenho certeza que é um só!

 

IMG_1745

Quase metade da segunda gravidez e ainda não aprendi a fazer boas fotos da barriga! hahaha

 

  • Ainda não temos nomes!
  • Já tô sentindo mexer!!! E é tão delicioso quanto eu me lembrava!!!
  • Sim, sim..quero ter outro parto natural – e melhorado! rs –  e tô investida nisso desde antes de engravidar! (depois conto mais..)
  • Cecília (por enquanto?) tá super de boa com a notícia! Acho que ela não entende de verdade que esse papo de que tem neném na barriga da mamãe significa que vai chegar um ser novo na casa (rs), mas ela já até meio que se relaciona com ele…rs Às vezes vem do nada dar beijo e abraço na barriga ( ❤ ), dá boa noite espontaneamente ( ❤ ), traz brinquedos pra mostrar pra ele ( ❤ ), etc – o mais divertido é que ela acha, sei lá porque, que meu umbigo é o canal de comunicação entre eles, então chega enfiando o dedo, colocando brinquedos e “gritando” nele! hahaha

Que mais vocês querem saber??? Pergunta aí, que tô facinha… hehehe

"Esperando um filho" (sem açúcar, com acidez)

Ai, quer saber? Ando no maior bode!

#prontofalei
#pójulgarnemligo
(#mentiraligosimedepoisficosofrendo hahaha)

Maioooor bode dessa história de gravidez e de blog e de blog de gravidez e de mimimi e de tudo…

Quer dizer, tudo menos da Cecília, que com ela as coisas continuam num super love e a gente ainda leva horas e horas conversando (em forma de chutes e carinhos, porque ainda não consegui criar o hábito de conversar com ela por palavras, em voz alta…)

Semana passada estava alternando entre mau humor extremo e vontade de chorar sem motivos… Aí essa semana parecia que ia melhor, até que hoje piorou de novo… =/

Maioooor bode!
Bode de ter que comer saudável, bode de não poder ganhar peso, bode de não poder comer coisas gostosas, bode desse calor que já tá fazendo (imagina no verão dos meus 9 meses?!?!), bode dessa dor ruim que fico sentindo sempre na virilha, bode dos gases que não param de piorar, bode das dores no corpo todo por causa da caminhada, bode das câimbras infinitas nos músculos que sabe deus como se alongam, bode disso aí tudo me fazer andar que nem uma pata tão cedo (imagina nos 9 meses?!?!), bode das coisas que não fiz e das que preciso fazer, bode dos problemas dos outros, bode dos problemas do mundo…
Bode dessa espera que tem parecido infinita esses dias, bode de planejar um negócio que não sei quando vai acontecer, bode do que não dá pra planejar, bode de esperar e esperar e esperar (e eu ainda tenho a cara de pau de dizer que não tô muito ansiosa, não…rs)

E bode de pensar que ainda faltam 15 semanas e que todos esses bodes podem piorar muitooo ainda!

Tendeu?

Aí que nem rolava vir fazer post romantiquinho de “diário semanal” mas não resisti a um mimimi…rs
Desculpa aí, povo! Paciência com os hormônios, ok?!
Porque eu já não tenho mais nenhuma, mas quem sabe roubo um pouquinho dos meus tão queridos Pacientes de sempre…





"Querido Diário" – 24s2d

Putz, fiquei tanto tempo sem fazer o registro do diário que já nem sei mais o que era novidade pra ser anotada…  =/

Vou tentar ir lembrando e acertando…

Bom, depois que começou a pular pro outros sentirem, Cecília gostou da brincadeira e agora tá num pula-pula que não acaba mais! Muitos pulos (uns fracos, outros fortes) e muitas vezes por dia!
Confesso que fico torcendo um pouco pra essa agitação toda não ser uma característica dela a ser continuada do lado de fora da barriga! rs


Semana passada tive consulta de controle e tá tudo lindo! Quer dizer…tudo, menos o peso… Já esperava, né?! O último mês foi dividido entre tensões das cirurgias da Maní e viagem gorda de férias…não há balança que sobreviva…rs
Médico mandou ficar esperta, senão vou terminar a gravidez com muitos quilos a mais do que o desejado…
Então estou meio de dieta (que uma nutricionista me passou lá no comecinho da gravidez) e fazendo bastante caminhada! 

O pilates tá parado porque minha professora pediu demissão! 😦
Cheguei a fazer uma aula com a professora que a substituiu, mas a mulher era bem inexperiente e não sabia nadinha de “pilates para embarazadas”! Deu vontade de sair correndo no meio da aula! rs
Agora já consegui o contato da professora antiga e descobri onde ela está trabalhando! É mais longinho de casa, mas acho que vale a pena, porque gostava muito da aula dela!



Semana passada escrevi pra uma doula (brasileira aqui no Chile!) que a Dani tinha me passado o contato há um tempão…
Ela está grávida também e não vai poder ser minha doula (será só você, Sil!!!).. mas foi super simpática e combinamos de nos conhecer por aqui!!
O mais legal foi que pedi indicação de equipe humanizada pra ela, já que não estava totalmente segura com meu médico e…adivinhem??? Ela, sem saber, me indicou o meu próprio!!! Vocês não imaginam o alívio que isso me deu! rs Depois disso até tivemos uma conversa mais tranquila com o médico sobre o parto – provavelmente porque eu fui de ouvidos abertos e sem preconceitos e medos…rs Foi bem bacana!

Já escrevi também pra matrona (a parteira daqui) que trabalha com meu médico (que dizem ser bam-bam-bam no tema do parto humanizado), mas ela ainda não me respondeu…
Decidi que depois de falar com ela vou atrás da parte prática de fazer a visita oficial à maternidade, me inscrever nos cursos que tem por lá, etc…



A barriga continua num crescimento frenético!!! A cada semana perco uma nova peça de roupa e já estou convencida de que passarei janeiro usando só roupas do Lucas!!! hahaha

A azia e a queimação sumiram (quer dizer, dão um oizinho se deito logo depois de comer..rs) mas em compensação as câimbras chegaram com tudo, o intestino desencanou de funcionar e a virilha resolveu começar a doer pra valer… =/
Também estou tendo bastante contrações de Braxton-Hicks (aquelas de treinamento).. várias vezes por dia a barriga super endurece! Nos últimos dias começou a acontecer com mais frequência e eu fiquei até um tiquinho preocupada, mas aí fui ler e comecei a controlar o espaço entre as contrações… constatei que tá tudo normal! rs 



Agora que já tiramos férias e compramos enxoval, vamos começar a pensar no quarto da Cecília!
Quer dizer…pensar, já pensamos! Vamos seguir a linha montessori, não vamos ter berço, vamos ter espelho, etc… Mas agora vai começar a parte mais prática, de ir procurar móveis, tirar medidas, pensar em como organizar armário,como decorar,  etc… Acho que vai ser muito gostoso!!!



Maní anda numa carência que só vendo! Nos últimos dias teve dois episódios daqueles “pesadelos” no meio da noite, tá ficando mais perto de mim do que nunca durante o dia, me seguindo o tempo inteiro e grudando no pai quando ele chega a noite!
Ela com certeza sacou alguma coisa daquele quarto cheio de coisas novas que a gente fica mexendo e mostrando pra todo mundo! Sacou tanto que agora é lá que ela guarda o Gato dela – brinquedo preferido que ela ama de paixão e não troca por nenhum outro! Já faz uns dias que está assim: traz o Gato pra gente brincar, como sempre, e brinca um monte… até que cansa, leva o Gato pra dentro e volta pra sala sem ele…quando vou ver, onde ela deixou o amigo?? No quarto da Cecília!!! Várias vezes no dia! Não é demais?!?!?! hahaha


As minhas meninas



Por enquanto as coisas da bebê estão espalhadas e abertas pelo quarto e o carrinho já ficou montado pra gente poder mostrar o brinquedo novo pros amigos! rs
O melhor disso foi que eu percebi que a Maní tem medo do carrinho, então comecei a fazer uma “des-sensibilização”! O carrinho fica lá no quarto, mas de vez em quando pego ele e fico passeando pela casa, trago pra sala e deixo do lado do sofá um pouco…e convido a Maní pra participar sempre! Andar com a gente, cheirar o carrinho, olhar ele de cima do sofá… Tá funcionando! Agora ela já entendeu que é brincadeira e faz tudo isso de rabo balançando, praticamente sem medo do trambolho! rs



E, ufa! Acho que por hoje tá bom, né?! rs
Prometo – pra mim mesma..rs – voltar a fazer os registros conforme as coisas forem acontecendo, pra não perder nadinha! =)

Beijos nossos em todos!

"Eu não me canso de olhar"

Nota de férias número 2:

Acontece que eu não paro de me encantar com a vida…


Algumas belezas pra mim nunca viram rotina.


Estou com o Lucas há 8 anos e 6 meses e meu coração sempre fica leve quando ele chega por perto e totalmente satisfeito quando o vê se divertindo como criança com algum “brinquedo” novo – tipo o carrinho recém comprado da Cecília!!! rs



Moro no Chile há 2 anos e 7 meses e várias vezes por semana (quando o clima e a poluição colaboram), me surpreendo com a maravilha que é a grandiosa Cordilheira… Gasto um tempão admirando e tenho um milhão de fotos dela (fotos que depois são quase todas iguais…hahaha)





Sou mãe da Maní há 2 anos e 6 meses e paro o que quer que esteja fazendo quando ela entra em sono profundo e começa a sonhar, balançando todo o corpo, dando patadinhas no ar e os mini latidos mais lindo do mundo!





Sinto a Cecília se mover dentro de mim há 33 dias, cada vez com mais frequência e intensidade.. Penso que pra algumas mães isso talvez se torne “normal e corriqueiro” em algum momento, mas pra boba romântica aqui…nunca vai parar de ser maravilhoso! Eu ainda paro pra sentir e tentar entender o que é cada parte que se mexe, coloco a mão e fico procurando, chamo o Lucas pra sentir, tento filmar… 
Me emociono ao perceber por movimentos em lugares novos que ela está crescendo e “expandindo horizontes” (hehehe)…
E tenho certeza que vai ser assim todo o caminho, até o final da gravidez!
E depois disso, não quero nem ver os encantos novos com a pequena aqui fora!!!
Coitados dos familiares que vão ter um milhão de vídeos (iguais?!rs) pra assistir de cada movimento dela – ja comprei a câmera!! Hahaha”


E um vídeozinho que fiz agora no final do dia da Cecília dançando um “I like to move it, move it” hehehe

   



"Oi, coração!"

Aí, né, que eu saí de fériés e disse que ia tirar férias do blog…
Tirei, mas é difícil desligar a cabeça, por isso acabei anotando algumas pequenas notas no celular pra postar depois…hehehe

Aqui a primeira:

“Eu te senti pela primeira vez no dia que completamos 18 semanas (25/08), mas demorei uns 4 dias pra acreditar que era mesmo você se mexendo dentro de mim… só aí comecei a curtir muito esses momentos: parar o que estava fazendo e ficar só sentindo, tentando ver, tentando adivinhar que parte sua era aquela que tava pulando… Tão gostoso!!!
3 semanas depois, quando completamos 21 semanas (15/09), seu pai te sentiu pela primeira vez (e pela segunda, terceira, quarta…rs)

Foi curioso que você se mexia muito, forte e insistente no mesmo lugar! Papai disse que você estava reclamando, querendo que ele tirasse a mão, mas eu sei que você estava aproveitando a nova “forma de contato” pra saludar el papa e ter uma conversinha com ele!!!


Não demorou muito pra começar a responder aos chamados dele: agora é só ele chegar e pedir pra você acordar e mexer que você já vem toda saltitante conversar com ele – mesmo que a mamãe esteja dormindo!!! hehehe”


Ontem fizemos o ultra-som morfológico do segundo trimestre! Tudo lindo e ótimo com a pequena – ou melhor, com a grandona – 32 cm e 635g de muita saúde!!!

O médico queria mostrar o rostinho dela, mas ela se fez de difícil e ficou de costas o tempo todo…até o pai ela ignorou…hahaha

Pézin…


Blogagem Coletiva: Futuras Mamães – 1

Oies! 
Tô fazendo uma pequena pausa na “férias bloguística” porque fui indicada pela querida Naty do “Menia, Mulher e Anseios” pra participar da Blogagem Coletiva: “Futuras Mamães” e indicar o tema da próxima semana!!! (aliás, aproveito pra deixar um beijo de feliz aniversário atrasado pra Naty!!!)
Então vamos lá…

O tema sugerido pela Naty foi: “Do que você vai sentir falta da sua gravidez? e do que você não vai sentir falta alguma?”

O que sei que mais vai fazer falta ao final dessa gravidez, sem dúvida, é essa sensação de “surreal” que me preenche desde o começo! Tudo é novidade, tudo é mágico, tudo é impressionante, tudo é incrível…  Estou sempre oscilando entre o “acho que agora a ficha caiu” e o “caramba!! Tem mesmo um mini ser-humano morando dentro de mim????”. hahahaha
E eu acho uma delícia essas descobertas, esses “mini-choques”, essa percepção que vai mudando a cada hora (oscilação – de humor e de equilíbrio físico e emocional – é coisa de grávida, lembram??? hahahaha)… essa sensação de que o novo me acompanha a cada segundo…essa curiosidade de não saber o que vem pela frente – sobre absolutamente tudo que tem pra vir!!!

Acho que isso é exclusividade da primeira gravidez – a segunda, por mais que seja única e diferente da primeira, já vem com a carga da experiência… e eu curto tanto esses sentimentos de primeira viagem que sei que eles vão fazer bastante falta depois… por isso me deixo surpreender e emocionar com cada coisinha nova – e mato o Lucas de rir (ou de vergonha alheia..hahaha) com alguns comentários e constatações que vou fazendo ao longo do caminho…hehehe


Agora… sobre o que não vou sentir falta…hmmm…
A verdade é que até agora essa gravidez tem sido muito tranquila, né?! Mesmo lá no comecinho os sintomas eram tão suáveis e sempre tão passageiros que não me deixaram com nenhuma marca, ou trauma…rs
E agora eu tô nas maravilhas do segundo tri… curtindo mais do que nada e levando na boa as pequenas chatices do dia a dia (tipo ter que se encher de cremes, tipo os gases, tipo os pés inchando um pouco…).
É provável que mais pra frente, quando tudo isso se intensifique, eu consiga aumentar um montãoooo essa lista e acabe tirando o “pequenas” da frente do “chatices” ali em cima…é beeemm provável!!! hahaha
Por enquanto, acho que o que eu mais quero que acabe (mas na verdade sei que ainda tem muito o que piorar..rs) é a sensação de quase “infeção urinária” sempre, essa vontade repentina e urgente de correr pra fazer xixi a cada 30 minutos, chegar no banheiro e descobrir que tem só um tiquinho de nada pra sair e que a vontade era, na verdade, Cecília sentada na minha bexiga – ou deitada nela, ou brincando de bola com ela, vai saber…rs


Bom, pra próxima semana eu sugiro o seguinte tema: “a gravidez mudou de alguma forma a relação do papai e da mamãe com a família???”. E não tô falando só do básico (tipo mimos e paparicos), tô falando de ficar mais querendo família, ou mais “quietos no ninho”, sabem? Será que rola assunto??? 

E pra sugerir o tema pra próxima semana indico a Jéssica do blog “Jéssica+Gregory=Guilherme“, que assim como a Naty e eu, é nova na turma da Blogagem Coletiva!! 😉

Beijos pra todas que vou lá voltar pra piscina! hehehe



"Querido Diário" – 19s4d

Sumi, né?!

É que nos últimos dias o coração não tava aqui em casa e a cabeça não tava nem em internet, nem em blog e nem em gravidez, confesso!
Quem monopolizou tudo que há de mãe por aqui foi a filha mais velha!

Maní foi operada no sábado no começo da tarde e as 20h já estava de volta em casa… Ainda molinha, se recuperando da anestesia e claramente com um pouco de dor.. até aí, tudo normal…
Mas eis que 1 e pouco da manhã ela começa a sangrar um monte! Ligamos pro veterinário que correu pra cá, achando que era questão de fazer um curativo nos pontos, mas logo percebeu que o sangue não parava de sair e que tinha algo de errado… Correu com ela pra clínica, anestesiou, abriu de novo e descobriu uma hemorragia interna… tomou a decisão de tirar o útero inteiro (antes tinham tirado só os ovários) e deixá-la internada por alguns dias…

Internada 😦

Ela ficou internada até terça a noite, sem comer (só comeu um pouquinho na segunda, quando fui visitá-la e consegui fazer descer um pouquinho de atum…) mas agora já está em casa! Precisava ver a felicidade dela quando pegamos a bolsa de transporte pra tirá-la da clínica!!!
Chegou fedida de “hospital”, super magra, com um pouco de diarréia e um corte enorme na barriga, mas também com muita fome e com vontade de brincar!!! 
Ainda tá decaidinha, mas aos poucos vai se recuperando, comendo bem, recuperando peso, corte cicatrizando… Ufa!!!
Foram dias de tensão, mas agora tô aqui grudadinha nela e sei que assim nós duas ficamos bem muito mais rápido!


Magrela relaxada do ladinho da mamãe! 🙂



Nesse meio tempo, fiquei tensa e preocupada com Maní, mas nada exagerado… Era engraçado ver a preocupação das pessoas pra que eu não ficasse nervosa demais! rs
Apesar de não estar muito focada na gravidez, sentia todos os dias a Cecília se mexendo bastante, então sabia que ela estava bem e podia me focar na irmã mesmo!

Aliás, nem contei que comecei a sentir os movimentos dela, né?!
Nos primeiros dias (lá pela semana 18) fiquei muito na dúvida se eram gases ou Cecília… porque a sensação era (é ainda) de umas bolhas estourando dentro da barriga… mas aos poucos fui percebendo que as tais bolhas eram mais certeiras e decididas e aí me convenci (e convenci o marido..rs) de que eram a bebê mesmo!
Agora sinto todos os dias, em algumas horas definidas do dia, como quando acordo, depois que como, um pouco antes de dormir – já tem rotina, minha menina!
E ela sem dúvida sentiu o alívio e a felicidade que foi trazer Maní de volta pra casa: Quando finalmente sentamos e relaxamos os 4 juntos, Cecília começou a dar umas super cambalhotas comemorativas! =)



Hoje tive consulta de rotina no médico e tá tudo super bem!
Os exercícios deram resultados e o ganho de peso foi muito melhor esse mês…a pressão está ok, as pernas estão começando a inchar um pouco, mas normal.. coração da baby firme e forte (ainda gostando de fugir do médico..rs)… e é isso! 

Os planos pros próximos dias são simples: ficar bem quietinha em casa com as minhas filhotas! 
e quando chega o marido, então…não preciso de mais nada nessa vida! =)
(quer dizer, talvez um delivery de mc donald’s… hahhaha)

"Querido Diário" – 18s4d

Pois é, 18 semanas e 4 dias e voltei a me sentir como na semana 8…. 

Não, os enjôos não voltaram – ufa! – mas ontem eu senti fome o DIA INTEIRO! E não era aquela vontade de beliscar, não…era fome mesmo!!! Foi difícil brigar e resistir… =/
Isso sem falar no estômago cheio de vontades… se depender dele, vou viver de azeitonas e atum (agora eu entendo porque me disseram lá no começo da gravidez que só podia comer no máximo 6 latas de atum por semana! hahaha)
E aí tem também o sono…aaaahhh o sonoooo….!
Tenho tido muita dificuldade pra acordar de manhã (seriam os genes do Lucas se manifestando na Cecília???rsrs)… se consigo parar pra descansar um pouco a tarde (e essa semana estou conseguindo, ainda bem!), capoto por mais de 1 hora… se paro pra assistir televisão a qualquer hora (mesmo que seja Lost, que eu re-viciei!), “sí o sí” acabo dormindo… chega 10h da noite e já tô caindo de sono, tanto que não dou conta nem de ir pra cama, durmo no sofá até o marido me acordar pra me “transferir”…rs
E ainda assim, no dia seguinte não vou conseguir acordar de novo e o ciclo vai recomeçar!

Alguém me explica??? rs


Ah! Um sintoma novo: tô com pânico de barrigas enormes! hahaha
Quer dizer, não é pânico das barrigas que vejo, é só o susto de ver e imaginar que vou ficar enorme assim! hahaha
Não confundam, não é medo de engordar, é só o medo de pensar no peso que deve ter e no fato de que uma bebéia inteirinha de uns 3kg vai estar morando aqui dentro… já pararam pra pensar na loucura que é isso???? hahahahaha



************************


Marquei castração da Maní pro sábado agora, 31…
E eu sei que é o melhor pra ela, sei que já passou, e muito!, da hora… mas vou falar: que idéia de jerico mandar a filha mais velha “pra faca” em meio ao oceano revoltoso de hormônios que a gente costuma chamar de gravidez!!!
Ontem já comecei a chorar copiosamente de preocupação, saudade, medo, desespero, “contagem do potencial de cagada”, dó…
E, de novo, não me entendam mal: sou completamente a favor da castração! Completamente! Sei que devemos essa responsabilidade aos nossos peludos – e aos tantos animais de rua por aí… E sei que é tranquilo e não é nada demais e que vai ficar tudo bem…
Mas meu coração de mãe tá tãããããoooo apertado!!!! Meu coração e a Maní, porque, claro, tô agarrando ela o máximo que posso, tadinha! rs






De resto, tudo na mais santa paz por aqui… =)



Besos