"Foi assim…" – parte 2

(pra ler o começo, clique aqui)

 
Acordei as 3:15 da manhã sentindo contrações como as que tinha sentido na caminhada, aproveitei pra ir fazer um xixi e ainda no banheiro veio outra! Voltei pra cama e liguei o aplicativo pra contar o intervalo entre elas, mas na seguinte contração já percebi que deitada o incômodo era bem maior, então voltei pro banheiro… Fiquei um tempo lá andando de um lado pro outro, as contrações vinham a cada 10 minutos e duravam por volta de 1,5 minuto 
 
(parêntesis importante: desde o começo minhas contrações de treinamento eram longas, algumas duravam mais de 2 minutos, quando todos diziam que elas deviam durar uns 30 segundos, mas meu médico tinha me tranquilizado dizendo que cada corpo faz de um jeito mesmo, nada de anormal nesses tempos diferentes…pois as contrações de verdade seguiram o padrão das outras: foram sempre super longas!)
 
Logo ficou claro que andar ajudava demais na dor! Na verdade, enquanto eu andava praticamente não sentia nada, algumas vezes tinha que parar de andar pra ver se já tinha acabado a contração!


Enquanto andava de um lado pro outro no banheiro, uma frase se repetia na minha cabeça: “Que loucura! A Maní já sabia mesmo!”.
Em determinado momento bati o olho no espelho e me deparei com um sorriso ENORME no meu rosto, que até então eu não tinha notado… e aí eu disse pra mim mesma, com a boca cheia de orgulho: “Estou em Trabalho de Parto!!!!”
Comecei a pensar em quão perfeito era aquilo…em como tudo estava acontecendo como eu tinha lido que seria, em como eu tinha mesmo reconhecido quando começou de verdade (aquela velha frase: “quando você estiver em trabalho de parto, você saberá!”), em como a natureza era incrível, as contrações vindo como um reloginho, as sensações todas ali, no meu próprio corpo!!! Só podia mesmo ficar sorrindo!

Aí lembrei que eu não tinha dormido nada e que o processo seria demorado, eu precisava descansar! Voltei pra cama pra tentar dormir, mas quando vinha a contração, deitada, eu não conseguia ignorar, porque já incomodava bastante…ficava me mexendo, procurando uma posição confortável, mas não encontrava…
Achei melhor ir pro sofá, pra não acordar o Lucas (antes da hora..rs), o forrei com uma toalha (“por si acaso…”) e deitei com a Maní…



Quando começava uma contração eu levantava e caminhava pela sala, depois deitava e tentava dormir… mas eu tava muito empolgada e muito encantada com o processo, não conseguia desligar a cabeça! Tava achando o máximo e queria sair gritando pela janela: “Estou em Trabalho de Parto!!!” rsrsrs – mas a gente tinha combinado que só avisaríamos as pessoas sobre o que estava acontecendo quando estivéssemos indo pra clínica, pra não ficar muita pressão, muita gente perguntando…

Umas 4 e pouco da manhã (5 e pouco no Brasil) vi minha mãe curtindo coisas no facebook e tive vontade de mandar uma mensagem só pra jogar conversa fora, aproveitar que tinha mais alguém acordado aquela hora (rs), mas achei que ia dar muita bandeira e segurei a empolgação! hahaha

Fiquei nessa (de deita-levanta) até umas 6 da manhã, quando encontrei um jeito de levantar e balançar a perna, ainda deitada no sofá, que aliviava bastante, aí consegui ficar deitada direto e pude descansar de verdade…
Notei que assim, sem levantar, as contrações se espaçaram (estavam vindo quase a cada 8 minutos e assim os intervalos aumentaram pra mais de 10), mas achei que o descanso valia a pena, então finalmente consegui dormir nos intervalos entre as dores por um pouco mais de 1 hora!

Acordei um pouco antes das 8 da manhã, hora em que tocaria o despertador do Lucas e fui praticamente esperar na porta pra ele acordar e eu poder dar a notícia! O problema é que ele nunca acorda no primeiro toque do despertador e depois de ele apertar o “soneca” pela terceira vez eu não aguentei e fui lá acordar ele! hahahaha
Disse pra ele: “amor, você não vai poder ir na reunião das 9…Estou em Trabalho de Parto” (agora sim, em voz alta!) e ele respondeu “ótimo, então vou dormir mais uma horinha!” hahahahahaha
Ele até virou pro lado e colocou o travesseiro em cima da cabeça, mas CLARO que não conseguiu continuar dormindo! rs Logo levantou, acordou a Silvia (“tá na hora de começar a trabalhar!”) e aí nosso dia começou!

Nesse momento as coisas ainda estavam iguais: contrações mais ou menos a cada 10 minutos, totalmente suportáveis, quase não “sentíveis” se eu estivesse andando… Então comemoramos, tomamos café da manhã tranquilos, arrumamos as últimas coisinhas que faltavam (coloquei a data nas lembrancinhas) e eu voltei a deitar no sofá…

Por volta das 11h30, quando eu estava conseguindo voltar a dormir um pouco, junto com uma contração senti sair um liquido e achei que tinha feito um pouco de xixi por causa da bexiga cheia contraída involuntariamente, mas quando levantei pra ir pro banheiro reparei que a “águinha quente” continuava saindo, então enquanto tentava correr de pernas fechadas (hahaha) pro banheiro, anunciei: “acho que rompeu a bolsa!!!”

E foi aí que a brincadeira começou a ficar interessante! 😉


Doula por escrito…rs




Ps.: tô escrevendo assim dividido, mas juro que não é pra fazer suspense…rs… São dois motivos: primeiro porque está complicado parar pra escrever tudo de uma tacada só e segundo que  quero registrar como lembro, com todos os detalhes que conseguir, e aí vai ficar bem gigante o negócio…
Paciência, paciência…rs

(continua aqui)

 
Anúncios

17 pensamentos sobre “"Foi assim…" – parte 2

  1. Ahhh! Eu pensei que era por causa do suspense, mas quer saber? Está sendo ótimo ler mais detalhes, assim devagarzinho. Caramba, do jeito que você escreveu parece realmente maravilhoso entrar em T, sentir tudo o que você já leu antes… Uau! Que coisa mágica! To amando ler! Ansiosa pra ler a terceira parte!!
    Beijo,
    Rita

    Curtir

  2. Pingback: "Foi assim…" | Aos queridos, curiosos e pacientes

  3. Pingback: "Foi assim…" – parte 3 | Aos queridos, curiosos e pacientes

  4. Pingback: "Foi assim…" – parte 5 | Aos queridos, curiosos e pacientes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s