"Foi assim…"

Foi assim…que começou:



– Terça feira, dia 21/01, 39 semanas e 2 dias. Na consulta com o obstetra contei que minha barriga tinha baixado bastante, que vinha perdendo bem pouquinho de tampão todos os dias há algumas semanas e que as contrações de treinamento estavam ganhando ritmo e intensidade – há quase uma semana, várias vezes por dia elas vinham ritmadas (a cada 12 minutos) e acompanhadas de uma dorzinha tipo cólica mais forte, mas sempre passavam depois de um tempo…
Ele nos examinou e constatou que estava tudo bem com as duas. Deixou pedido um ultra-som pra segunda feira seguinte, quando eu estaria com 40 semanas e 1 dia, mas disse: “duvido que chegue até lá! Estamos vendo algumas boas mudanças…ela deve nascer logo!” 
Saímos felizes do consultório, mas resolvemos não contar essa fala dele pra ninguém, pra não aumentar ainda mais a ansiedade alheia que já nos cercava! rs

Mesmo depois disso não fiquei ansiosa! Naquela altura do campeonato eu já sabia que não faltava mesmo muito… já tinha reconhecido esses sintomas todos como “pródomos” e sabia que só podia esperar a hora dela…

E olha que eu tava maior que uma melancia! Quer ver? rsrss

Hahahaha



– Quinta feira, dia 23/01, 39 semanas e 4 dias. Poucas mudanças nos sintomas nos últimos dias.. o Lucas até comentou de manhã: “ihh..será que o médico se enganou??”
Eu passei o dia super bem, mas Maní estava bizarra!! Apesar da nossa rotina estar igualzinha, ela durante a manhã estava na maior depressão, murcha como fica quando percebe que vamos viajar, super cara de “Drama Queen”, só ficava deitada me olhando de canto de olho… até que no começo da tarde mudou radicalmente! Entrou numa agitação que eu nunca vi! Ficava de um lado pro outro da casa, não queria saber de brinquedo nenhum, não dava muita bola pra gente, só se agitava… se escolhia um lugar pra deitar, demorava 5 minutos pra se ajeitar e não parava nem 2 minutos deitada, logo começava a ficar inquieta de novo…
Mandei mensagem pro Lucas: “se cachorros podem ‘prever’ terremotos, poderiam também prever trabalho de parto???’
Aquele comportamento não era normal! Ou tava vindo terremoto ou a Cecília! rsrs

Além disso, a madrugada seguinte marcaria a entrada da nossa nona lua e tinha um monte de gente apostando que esse seria o marco! Eu só dizia: “será? veremos…”
Umas 8 da noite saí pra passear com a Maní e no meio da caminhada senti três contrações mais fortes, bem seguidas umas das outras e, pela primeira vez, acompanhadas de dor nas costas! Em seguida vieram umas dores esquisitas perto das costelas e achei melhor encurtar o passeio! Voltei pra casa, entrei no banho e as contrações praticamente sumiram… Entendi que não estava em trabalho de parto, mas sabia que a dor nova era uma mudança importante nos pródomos!

Nessa mesma noite recebemos dois amigos em casa pra jogar RPG – Lucas tem experiência prévia na brincadeira, mas os outros todos da mesa estavam experimentando pela primeira vez e nos divertíamos com o quão “geek” era a situação – mas, verdade seja dita, nós 4 adoramos a experiência e outras jogatinas estão sendo programadas! hehehe
Eu fiz a piada: “imagina se entro em trabalho de parto no meio do jogo?? Cecília nasceria com um carimbo de “nerd” no meio da testa!”hahahaha

Maní também jogou!



Pois foi quase isso que aconteceu…

Ficamos jogando até tarde, fomos pra cama eram quase 2 da manhã
(depois de a Silvia ter tido uma “síndrome do ninho arrumado por transferência” hahaha) e às 3: 15 eu acordei praquele que seria, finalmente, o primeiro dia de 2014! =)

(continua aqui)

Anúncios

10 pensamentos sobre “"Foi assim…"

  1. Ai meu coração!
    Que delícia ler esse primeiro pedacinho do relato <3 <3 <3

    Meu irmão também joga rpg, sei bem do carimbo de nerd que vc tá dizendo, haushashausa.
    E que linda Maní, toda trabalhada nas premonições, haha. São sensíveis mesmo esses bichinhos, né?! Muito amor!!

    Ansiosa para os próximos capítulos, rs \o/

    Beijo em vocês todos!

    Curtir

  2. Gabi, como assim você não escreveu um pouquinho mais pra gente? Fui lendo, toda empolgada e aqui no final pensei “que sacanagem que ela não continuou a história!!”. Isso tá parecendo final de temporada de uma série que a gente tem que esperar um tempão pra ver o que acontece depois, rs! Mas a gente espera feliz pela continuação.
    Beijos, Rita

    Curtir

  3. Pingback: "Foi assim…" – parte 2 | Aos queridos, curiosos e pacientes

  4. Pingback: "Foi assim…" – parte 3 | Aos queridos, curiosos e pacientes

  5. Pingback: "Foi assim…" – parte 4 | Aos queridos, curiosos e pacientes

  6. Pingback: "Foi assim…" – parte 5 | Aos queridos, curiosos e pacientes

  7. Pingback: Chile – Nascer em Santiago

  8. Pingback: “E onde a pura natura” | Aos queridos, curiosos e pacientes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s