"Dorme minha pequena"

“Dorme minha pequena
  Não vale a pena despertar
  Eu vou sair
  Por aí afora
  Atrás da aurora
  Mais serena”* 


A gente passa a gravidez toda escutando “aproveita pra dormir muito agora, porque depois, nunca mais!”. E eu tava indo bem nessa tarefa…

Até que Maní decidiu que, “nada disso!”, já é hora de começar a praticar a vida de pais de recém-nascido! 
E como boa irmã mais velha que é, resolveu regredir um monte e parar de dormir a noite!
Assim, absolutamente do nada, começou a fazer o que NUNCA fez: acordar no meio da noite (algumas noites, de 2 em 2 horas) e ir arranhar a porta do nosso quarto e chorar desesperada…

Vou explicar melhor:
Desde que chegou pequenininha aqui em casa, Maní nunca dormiu com a gente. Sempre teve sua caminha do lado de fora e dormiu nela sem problemas. A única noite em que ela chorou, foi em sua segunda noite aqui, mas com menos de meia hora de técnicas da Victoria Stilwell ela aquietou e nunca mais teve problemas a noite!
Quando estou indo deitar levo a cama dela pro corredor dos quartos (ela gosta de poder ver nossa porta) e ela vai atrás, deita, pede seu carinho de boa noite e dorme ali até de manhã, quando a gente levanta e acorda ela – simples e fácil assim!

Mas na semana que passou, as coisas mudaram! O “show” podia começar uns 10 minutos depois que deitávamos, ou umas 2 horas depois…e assim ia indo durante a noite…

O que me angustiava nessa história é que não consegui encontrar o motivo disso estar acontecendo! Sou fã do tema de comportamento animal (leio e assisto muito sobre o assunto) e imagino que se soubesse a razão, poderia saber como operar…saber o que fazer pra resolver… mas simplesmente não existe um motivo racional pra ela estar agindo assim!
Não mudou nada na rotina prática da casa, não mudou o tratamento dela, ela não teve nenhum trauma, nem nenhuma experiência de dormir no quarto que a fizesse “gostar da coisa” e só querer assim… E sem entender nada, fomos tentando o que podíamos…
Tentei as técnicas de “positively training” (de ignorar o comportamento ruim e recompensar o bom), perdi a paciência, apelamos pros “shhhhh’s” do chato do Encantador de Cães, demos bronca, susto…nada adiantava! Quanto mais fazíamos qualquer dessas coisas, mais desesperada ela ficava!

Até que descobrimos que a única coisa que a fazia parar era um de nós dois ficar sentado do lado da cama dela até ela acalmar (ela estava sempre muito agitada e assustada) e conseguir pegar no sono de novo… (técnica descoberta pelo pai, aliás!)

Foram dias muito angustiantes! Pelo não entender, por ficar ouvindo o desespero dela e por ver a inquietação da pequena quando cedíamos e íamos acalmá-la pessoalmente… 

Depois de algumas noites de pais sentados no chão, aos poucos a coisa foi voltando ao normal…ela foi passando a acordar cada vez menos e agora voltou a dormir a noite toda – ah! colocamos também a cama dela bem grudadinha na nossa porta e isso ajudou muito!

Aí eu entendi que ela tava mesmo dando um curso pra gente! Curso intensivão de como é ter um recém nascido em casa! E, mais do que isso, dando um curso pra gente não duvidar nunquinha de que a melhor técnica é o amor, o afago, o acolhimento…um pouco desse tal de “attachment parenting” (ou “teoria do apego”) sobre o qual a gente tanto escuta falar…. 

É… minha primeira filha já escolheu uma causa pela qual militar…hahaha


Assim ela sempre dorme super bem: grudadinha na mãe e na irmã! (e eu aproveito enquanto ela ainda cabe aí! rs)





*********************


Ah! A boa notícia é que Maní finalmente resolver comer!!!!!!!!!!!!! (não há exclamações que bastem pra essa comemoração! hahaha)
Tá comendo tão, mas tão bem, que vou ter que trocar a comida dela, antes que ela fique obesa! rs
É que apesar de já ter quase 3 anos, ela ainda come ração de filhote, tanto porque os grãos são menores (e a frescurenta só comia assim), quanto porque como ela comia muito pouco, a ração de filhote (com sua “sustância” extra) era uma maneira de garantir um pouco mais de nutrientes pra chiquita…
Mas agora ela come tudo que coloco no prato e ainda pede mais comida – fora de hora e tudo! Vou ter que passar pra ração de adulto mesmo… mas muuuuuito lentamente, porque dá o maior medinho de voltar todo o dramalhão da comida de novo! rs 
Fora que tenho que conseguir a introdução completa da ração nova antes da chegada da irmã caçula, porque senão é mudança demais pra mais velha! rs
Vamos acompanhar…

*”Acalanto para Helena” – Chico Buarque

Anúncios

10 pensamentos sobre “"Dorme minha pequena"

  1. Gabi acho que a Maní está ansiosa, talvez sentindo que vai perder o espaço dela, acredito que os animais são bem mais sensíveis que nós, por isso essa necessidade de ficar agarrada a vocês.
    Mas que bom que agora ela já tá dormindo direitinho e se alimentando =), e como vc disse serviu de intensivão para quando a Cecília chegar!
    Bjuss

    Curtir

  2. Gabiiiii, nenhuma dúvida de que a Maní esta morrendo de ciúmes!!! Com ctz ela já sentiu a irmãzinha e esta preocupada em perder o trono!!

    Você pode achar que nada mudou na rotina, mas tenho ctz que vcs ficam paparicando a barriga, e ela ja percebeu: “Opa, tem alguma coisa ali que tá tirando a atenção deles”…rs…

    E com ctz ela já “sentiu” a irmã, eles são sensíveis para essas coisas, dizem que os cachorros sabem que a mulher está grávida, antes dela!

    Ahhhh a petekinha vai morrer qdo for a vez dela ganhar um irmão, ela é super mimada, e ainda dorme comigo..rs.

    Beijos para vocês duas!!!

    Curtir

  3. Ih, Má…esqueci de escrever essa parte no post – oh a cabeça de grávida! hahaha

    Mas, de fato, a única conclusão que a gente chegou é que ela já tá sentindo alguma mudança “subliminar” sobre a gravidez….

    Vou me esforçar muito pra não deixá-la nunca “de lado”! Ela é a filha mais velha e vai ser sempre tratada assim!!!

    Beijo

    Curtir

  4. Dizem que os cachorros sentem que nós estamos esperando um bebê – e alguns deles já se sentem ameaçados desde a gravidez! Principalmente as fêmeas. É muito louco isso! Mas acho que vc escolheu o caminho certo, o que eu escolheria também: do afeto e do carinho. A Maní com certeza agora sabe que o lugarzinho dela nunca será perdido!
    Tão lindinha ela!
    Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s