"Querido Diário" – 8s1d

Ontem completamos 8 semanas, ou seja, já entramos na 9ª!!! (essa contagem é meio confusa, né?! rs)
Percebi que se passo muito tempo em pé ou andando sinto cólicas e dor nas costas, por isso tenho tentado ficar mais quietinha… Fora isso, me sinto super bem!
Quer dizer, os sintomas clássicos continuam por aqui – muito xixi, muito sono, muitos gases, muito enjôo, estômago esquizofrênico… mas tudo isso faz parte, né?!
Ainda não vomitei nenhuma vezinha, apesar de já ter sentido várias vontades, por isso continuo usando o “ainda” e sabendo que pode começar a qualquer hora…rs
As calças jeans já começaram a incomodar quando fechadas (hahaha) e a balança já deu uma subidinha…
Apesar de meus exames terem tido ótimos resultado e de o médico dizer que posso manter minha dieta como está (juro!!! palavras dele!!! hehehe), sei que tenho que me cuidar pra comer mais saudável e pra não engordar muito – especialmente porque ainda não comecei as atividades físicas…
A Carol fofa tá fazendo umas comidas saudáveis pra mim!! E tá super dedicada, pesquisando o que grávidas não podem comer, o que mais precisam, e adaptando tudo isso às frescuras dessa que vos fala! rs Mimo demais, não?!  ❤

Ontem foi Día del Papá aqui no Chile e aproveitamos pra regalonear o papai da casa!
Maní não saiu do ladinho dele e eu fiz bolo de cenoura que ele adora!
Além disso, também teve presentinho!!!



Kit de copos de cerveja




Não achei NADA neutro que dissesse algo pro “papá”, aí acabei comprando um de menina e um de menino mesmo…




=)

(17/06/2013 – 2ª feira – 8s1d)

Anúncios

"Querido Diário"- 7s5d

“Hoje foi o dia do tão esperado ultrassom das 7 semanas!
Eu achei que ia me debulhar em lágrimas, achei que estaria morrendo de nervoso…
Bom, minha mão estava mega gelada e meu rosto vermelho e quente! Lucas, sentadinho do meu lado, agarrou minha mão e quase não deixava eu me mexer! hahaha
O médico começou: “bom, estamos com 7 semanas e 5 dias, então esperamos ver isso, isso e isso, com esse tamanho e tal e coisa…”
Aí o nervoso apertou… “e se a gente não visse tudo isso??”
Mas ele durou bem pouquinho, porque logo começamos o exame e, mal o aparelho chegou perto eu já vi: a mesma bolinha vazia de antes, mas agora com recheio!!!!
Um recheio lindo de morrer, com 1,3 cm! Meu filhote!!!
Abri um sorrisão gigante – que até agora não saiu do rosto – e só ficava repetindo: “increíble…increíble!!!”
Mas não chorei! Sei lá porque…acho que porque não foi exatamente surpresa…eu já sabia o que ia encontrar, e o que senti foi satisfação, foi reconhecimento, foi mais amor!!! E é increíble mesmo, mas é real e é meu!!!

Aí ele mostrou pra gente que “aqueles pixeis pulantes” (descrição nas palavras do Lucas..hahahaha) eram o coração da cria, batendo a mil!!! Que emoção ouvir esse som, gente do céu…que emoção!!! Ouvimos, ouvimos de novo…164bpm… forte, ritmado, rápido, saudável… do jeitinho que tem que ser!!!


Ai, felicidade!!! Ai, amor!!! Ai, filhote!!!

Que delícia isso tudo!!!!

Quando o médico saiu da sala o Lucas veio me abraçar apertado, mas não era só emoção, não…era ele tentando me fazer chorar! hahaha 

Explico: eu tenho um botãozinho (juro que uma hora vai aparecer em exame de imagem! hahaha) que é pressionado quando alguém me abraça… é batata: me abraçou, eu choro!!! Sempre!! Mas lá na sala do exame, eu tava tão emocionada que até o funcionamento do botão foi afetado! O Lucas conseguiu me deixar com os olhos úmidos, claro, mas só! Nem assim eu chorei…!
Seria a força da mãe leoa brotando em mim??? hahaha Acho que não… acho que é mesmo uma questão de emoções separadas… é tanta felicidade que não tem espaço pras lágrimas… nem pras felizes! Em mim agora só cabem sorrisos e amor!!!
Ah! De manhã, antes do exame, coloquei Maní pra conversar com filhote e pedir pra ele mandar um tchauzinho no vídeo… como ele não mandou, ela também nem quis saber das fotos, do vídeo ou do coraçãozinho batendo! Tá esnobando! hahaha”

(14/06/13 – 6ª feira – 7s5d)

"Querido Diário" – 7s1d

“Guenta” aí, pessoal! Tô quase chegando nos “current days”! hehehe


“Maior mancada isso de mandar gravidinha de poucas semanas – e, portanto, no auge das náuseas  – fazer 12 horas de jejum absoluto, pra ainda chegar na clínica e esperar mais uma hora pra fazer os exames! Fiquei tensa e zoada! hahaha

Exames feitos! Muitos, aliás… 5 potinhos de sangue e um montão de dinheiros deixados na clínica…rs

Falta pouquinho pro ultrassom da 7ª semanas, 4 dias só! Começo a ficar ansiosa e fazer contagem regressiva…rs

No fim de semana comecei a sentir cólicas freqüentes… não super fortes, mas persistentes e incômodas (a ponto de me acordar algumas vezes essa noite). Fico preocupada, claro. Mas racionalmente sei que são normais, que tenho que ficar atenta a sangramentos, porque eles sim não podem acontecer… (Vivi, você foi a responsável por me tranquilizar tanto, quando disse lá na sua casa que nas duas gestações sentia tudo aquilo de cólica! rs Brigada!!!!)


Fora isso, fiquei toda felizona de entrar na 8ª semana!!! Paramos juntos, Lucas e eu, pra ler as “novidades” nos aplicativos sobre o bebê e sobre meu corpo…

Ele fica tirando meu sarro, que “como um bebê de 1cm pode me mudar tanto?! Claro! A calça tá apertada, afinal, esse bebê enorme aí dentro!”hahaha Fiz ele ler e tentar acreditar que as mudanças já são reais…rs
Ele continua implicando com o nome de menina que escolhi – pura birra, acho eu! Entramos em sites pra procurar nome de menino e adivinha? Ele achou outro de menina e nenhum de menino!
Aliás, Lucas agora fica dizendo que teremos uma menina…será????

Ele tava achando que bebê precisa de pouquinha coisa e sugeri que ele olhasse as listas de enxoval que circulam por aí…

Foi muito engraçado ele lendo aquela lista infinita e a ficha caindo pro absurdo de aventuras que nos espera! hahaha”

(10/06/2013 – 2ª feira – 7s1d)

"Querido Diário"- 7s3d

“As cólicas assustadoras melhoraram muito! Ufa!

Os enjôos, em compensação, estão piorando… mesma frequência, mais intensidade..rs

Desde ontem estou comendo porque sou adulta e responsável (hahaha) e sei que estando um pouquinho cheio, o estômago fica menos pior…porque vontade, não tenho nenhuma!
Agora, se eu começar a vomitar depois de comer, sei que essa responsabilidade toda vai pras cucuias…hahaha

Cansa isso de ficar enjoada o tempo todo (isso sem falar nos gases..rs), mas eu prometi que não ia reclamar! Até porque estou recebendo exatamente o que eu pedi: sintomas suficientes pra me certificar que as coisas vão bem – que os hormônios estão fazendo sua parte e o bebê está crescendo aqui – mas não fortes demais, pra ficar vomitando e colocando nossa saúde em risco ou derrubando demais os ânimos… Torçamos pra que continue assim!


Já vi os exames do laboratório e parece que tá tudo certo! Falta pouquinho pra consulta com o médico/utrassom!!!


(fiquei surpresa com o resultado negativo da toxoplasmosis…tinha quase certeza que tinha positivado…Agora é redobrar os cuidados!)



Hoje é dia dos namorados e na internet só se fala de amor!


E eu aqui, querendo gritar o tamanho do AMOR que sinto pelo bebê, pelo Lucas, pela Maní, pela nossa família que está mais completa do que nunca!!! Haja coração pra tanta alegria e tanto romantismo!!! =)”


(12/06/2013 – quarta-feira – 7s3d)

"Querido Diário" – 6s3d

“Declaro aberta a temporada dos xixis noturnos!
Ou melhor, dos muitos xixis  noturnos… porque fazer xixi toda noite eu sempre fiz, mas levantar quatro vezes – sim, 4! – de madrugada é mancada! E olha que é só a 6ª semaninha!! rs

Por um lado é bonito isso de o corpo já estar me preparando para as noites em claro que significam ser mãe de bebê… e você pode pensar: “não compara! por enquanto é só levantar zumbi, ir até  banheiro e voltar a dormir em seguida”…

Sim, eu também pensava assim, tolinha… mas não!

É assim: levantar, ir até o banheiro zumbi, fazer xixi e acordar por ali! Me limpar, voltar pra cama e deitar. Aí o sono fugiu…mas eu sei que o melhor jeito de voltar a dormir é deitar de bruços, então deito. Mas o peito dói assim e tenho que mudar de posição. Ok, mudo. Aí o peito começa a coçar (???). Aí eu coço. Aí me ajeito de novo. Aí deu sede e tenho que me inclinar pra alcançar a água. Bebo só um pouquinho tentando evitar a próxima ida ao banheiro. Aí deito e quase consigo dormir. Mas aí noto que essa movimentação toda deu um pouco de enjôo. Aí ajusto o travesseiro pra que fique mais alto e ajude um pouco… mais uns minutos de incômodos mil, pensamentos aleatórios diversos e enfim volto a dormir tranquilamente – mas sempre com meus sonhos bizarros de sempre, claro!!!!

Durmo por mais umas duas horas, quando minha bexiga me acorda de novo e tudo aí em cima se repete…

Agradável, né não?! rsrs”


(05/06/13 – 4ª feira – 6s3d)


ps.: meninas, o blogger tá “engolindo” alguns comentários… aconteceu duas vezes: recebo o comentário por email e quando venho responder, ele não está aqui no blog.. 😦
vou tentar descobrir o motivo e resolver…

"Vida veio e me levou"

Uma noite dessas eu disse pro Lucas: “tô me sentindo uma velha! Gases, refluxo, milhões de xixis, sono infinito, intercalado só por comida…” e ele respondeu: “uma velha ou um bebê, né?!” hehehe
Fiquei pensando nisso… 
Muito se fala nas similaridades de nossos corpos no começo e no final de nossas vidas, de como acabamos voltando às “origens” no que tange nosso funcionamento fisiológico, que se torna “evento principal” enquanto o lado cognitivo tem pouco espaço na briga…

Pois bem, me ocorreu que na gravidez a gente passa um pouco por isso também: parece que falta sangue no cérebro (a famosa “burrice gravídica”! hahaha) e nosso corpo meio que vira um monstrinho exigente que tem que ter todas as necessidades atendidas na hora exata em que elas aparecem!

No mínimo curioso pensar que, no fundo, a gravidez é mesmo um começo e um final de vida ao mesmo tempo. 
Porque enquanto no nosso “forno” tem um serzinho novo sendo fabricado quase do zero, se preparando para o mundo e para a vida, dentro de nós também há uma mãe sendo gestada, uma mãe que ocupará o lugar dessa outro “eu” que éramos até então, ou melhor, que somos até o momento em que nos reconhecemos novas na nova vida que recém saída de nós!

"Querido Diário" – 6s1d

“Daí que eu não sinto mais calor…sinto uma onda de náusea que me faz perceber que estou muito quente…
Não sinto mais fome, sinto de repente um buraco absurdo no estômago e uma necessidade de comer imediatamente!!!

Na verdade, isso já tá até mudando… tenho me sentido cada vez enjoada por mais tempo e cada dia com um pouquinho mais de intensidade…


Não são sintomas agradáveis, mas são sinais de que as coisas aqui dentro estão funcionando a mil, por isso comemoro um pouco cada vez que sinto algo e prometi não reclamar de nada disso – vamos ver se continuo assim se/quando começar a vomitar…rs


Voltamos ontem do Brasil, já de notícia dada para os principais!

Levamos a “foto” do ultrassom e fomos contando assim… foi bem bacana!

Vó Rejane ficou super emocionada, Vó Nanci (que tava almoçando) engasgou feio (hahaha), Vô Lalo e Vô Vagner engoliram umas lágrimas….!

Os amigos todos ficaram muito emocionados, mas o tio Fabian tá todo bobo, muito engraçado de ver!!

Já recebemos paparicos, carinhos na barriga, mais presentinhos….tudo uma delícia!!!



Eu já quase não esqueço que estou grávida (rs) e tenho achado tudo muito lindo!

Fico ainda apreensiva cada vez que sinto uma cóliquinha, mas já estou bem mais calma…
Me sinto mais conectada com meu corpo…posso perceber as nuances de cada coisinha que sinto na barriga… diferenciar pontadas, fisgadas, cólicas… mas, na maioria das vezes, é tudo gases mesmo…hahaha (aliás, haja gases, viu…rs)


Lá no Brasil andaram dizendo que o bebê é menino…

Eu ainda não arrisco palpite – como já disse, intuição não é meu forte!

Mas outro dia, um pouquinho antes de ir viajar, eu e a Maní estávamos dançando (rs)  e começou a tocar uma música especial…nós duas ficamos abraçadinhas, dançando pelo quarto, cantando com o coração quentinho e os olhos cheios de lágrima (os meus, no caso..rs), cantando pra irmãzinha que vai chegar (pq serve pro irmãozinho tb, a gente sabe…)


(03/06/13 – segunda-feira – 6s1d)”

"Querido Diário" – 5s3d

“Hoje tivemos a primeira consulta do pré natal.
O médico nos confirmou que o alto número no exame e os sintomas mais fortes são bons sinais, sinal de que “algo cresce forte aí dentro”!

Aproveitou e fez um ultra-som… ainda é cedo, 5 semaninhas, não deu pra ver grandes coisas, mas estava lá a bolinha, o saco gestacional, a prova de que o bebê existe, que é só um (rs) e que está implantado direitinho, no lugar certo! Só boas notícias!

Tiramos algumas dúvidas (claro que esqueci de tirar algumas…), Lucas exigiu que eu procurasse uma nutricionista (rs), o médico pediu alguns exames e deu recomendações. Temos que voltar lá em duas semanas, pra ver os resultados e repetir o ultra-som, dessa vez pra ver bebê, coraçãozinho batendo e tudo mais que tivermos direito!!!

A palavra do dia é “Ojalá”rs!!!


Hoje pegaremos o avião e vamos visitar bem rapidinho famílias e amigos no Brasil, e aproveitar pra dar a notícia pessoalmente…lágrimas rolarão! hahhaa”


(29/05/2013 – 4ª – 5s3d)

"Querido Diário" – 5s1d

Da “descoberta”:

“Hoje a gente confirmou o que eu já sabia. Mas assim, cientificamente comprovado, é muuuitooo melhor!!!

Sabendo que hoje faria os exames (de farmácia e de sangue) fui dormir pedindo duas coisinhas: que a segunda listrinha do teste de farmácia aparecesse rápido e com força (sem espaço pra dúvidas, como da última vez) e que o resultado do beta fosse bem altão…! Dormi super agitada…sonhei que fiz o teste e deu negativo, sonhei que menstruava, etc, etc, etc…


Mas o dia foi bem tranquilo e, felizmente, as duas coisas que pedi aconteceram!!!!

A segunda listra do palitinho já começou a aparecer fraquinha junto com a primeira, logo nos primeiros segundos, e quando deu o tempo certo estava lá, toda gritante, mais escura e mais grossa do que a de controle… parecia até foto da embalagem, maior orgulho do meu xixi!!! hahaha
No começo da noite pegamos o resultado do beta e, de novo, sucesso: 3.561!!! (não tem como não comparar com o da gestação anterior, que estava em 300 e pouco..)

Também agora a noite comecei a sentir um pouquinho de cólica…sei que é normal nas primeiras semanas, mas tb não consigo não ficar preocupada – questão de (má) experiência, né?!

fecho os olhos e repito: “é normal, não é nada, vai ficar tudo bem!!!” em ritmo de mantra…

Resolvemos aproveitar que em dois dias vamos pro Brasil pra dar a notícia (só pra família próxima) pessoalmente!!! (Lucas fica fazendo bulling pq minha mãe é a última que vai saber…hahaha)


Mandei o beta pro médico por email e estou esperando ele me dizer pra quando marco o ultrassom – que é com ele e já conta também como primeira consulta!”


(27/05 – 2ª – 5s1d)